Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

21
Mai18

Do reino dos príncipes!

Maria

Um casamento real não se deve perder. Eu gosto sempre de ver. Este em particular. É um casamento real, mas é, na minha opinião um casamento de amor. E eu gosto do amor. E daqueles que lutam por ele.

Enquanto todo um mundo quer falar do vestido da noiva, eu quero falar que o que realçou foi o sorriso permanente dela - e o olhar embebecido do Harry. Sim, jamais esquecerei a Charlene do Mónaco no dia do deu casamento. Poderia levar o vestido mais caro do mundo ou o mais bonito, nem me lembro, mas não esqueço a cara de tristeza que (pelo menos) demonstrava e uns sorrisos nitidamente forçados quando parecia que, o que queria mesmo, era fugir dali. 

Enquanto meio mundo acreditar que o vestido da noiva é o mais importante, meio mundo perde pormenores grandes.

 

 A simplicidade do mesmo só realçou o à vontade e a felicidade da noiva. A meu ver.

 

O Harry está giro que dói. Cresceu bem. Elegante. E as primeiras palavras que lhe dirigiu com um olhar emocionado e apaixonado, aquando ela chegou ao altar, são dignas de um príncipe de sonho. Daqueles que nós queremos que estejam ali à frente à espera.

Para mim este tem tudo para ser um casamento de amor. Um casamento real, um príncipe cobiçado e a escolha dele recai sobre uma afro - Americana mais velha, divorciada e actriz. Quando tudo parecia não ter nada a ver eis que ele a escolhe mesmo para mulher da sua vida. E no casamento ficou bem claro a paixão que ele lhe tem. 

Um casamento bem diferente do certinho dos casamentos reais que estamos habituados a ver. Que ficou marcado pelo sermão de um bispo afro-americano entusiasmado pelo amor em toda a sua "prática". E com um momento, para mim dos melhores, com uma música linda que é o "Stand by me" cantado por um coro de Gospel 

 

Adorei. Adorei. Maravilhosamente interpretado. Maravilhosamente sentido. E imaginar ali o cenário. No meio de uma cerimónia. Foi lindo.  Para mim "o" momento, visto ser tão inesperado - até senti ciscos nos olhos.

O segundo vestido da noiva, também muito simples mas muito elegante a realçar bem a boa forma de Megan.

Que sejam felizes.

 

PS.: A "figura" da Rainha é de Rainha. Nada que se lhe aponte.

 

PS.2: Como não entraram juntos nitidamente até o William parece surpreendido por ver Kate e deve estar a perguntar-lhe « trouxeste outra vez esse vestido?». Sim achei completamente desnecessário a Kate Middleton repetir o vestido que já tinha usado no baptizado da filha e por outras ocasiões. Ainda por cima tão claro. Não quero com isto dizer que era só para chamar a atenção mas estava consciente que o iria fazer. Mais que ninguém sabem que os holofotes nestes dias estão completamente virados para elas. E Não vejo outra razão pela qual, não optou por levar um vestido novo para esta cerimónia tratando-se do casamento real do seu cunhado. Um acontecimento muito importante para a Família Real Britânica. Eu sei que a Kate já o fez anteriormente com outras roupas e gosta de usar de marcas baratas também, mas não era o acontecimento  para o "fazer acontecer". Ponto. (até nós, mulheres vossas sabem, não gostamos de repetir muito vestidos de cerimónia que tenham sido usados com os mesmos convidados)

PS.3: Aquele David Beckham existe mesmo?! 

PS.4: Há alguém que tenha conseguido ver o casamento e não se tenha lembrado da Princesa Diana? Imagino os filhos...

[Imagens retiradas da internet]

06
Abr18

Independentemente do caminho que seja, aprende!

Maria

 Valores

 

Na nossa conduta, há sempre um padrão que se deve manter inalterável.

As escolhas vão mudar. As opções. As oportunidades. Os erros. As falhas. As promessas. As vontades. O caminho. Os obstáculos. O querer.

Por mais mudanças que as nossas vidas tenham, por mais tombos que a gente dê, por mais feridas que demorem a cicatrizar, por mais "nunca" e "jamais" que se digam e que não se cumpram,  por mais erros que se cometam... é importante saber que os nossos valores permanecem inalteráveis.

Pode mudar-se tudo. Menos os valores. Os nossos.

[ ♥ ]

16
Fev18

Características boas e más do Aquário - Eu!

Maria

Um dia destes partilharam comigo um vídeo no facebook sobre o meu signo - Aquário.

Achei-o mesmo bom. Tão bom, que me apetece partilhar com vocês.

O vídeo fala sobre características boas e más do Aquário.

Se houver por aí Aquarianos, vejam se concordam e se revêem nelas:

 

1 - Os Aquarianos são pessoas únicas e Excêntricas - As pessoas muitas vezes se referem a eles como "estranhos" mas de uma maneira boa.

"Estranha" ouvi isso tantas vezes que me habituei a sê-lo. Digo muitas vezes que sinto ser diferente. Não sendo isso que me faz melhor ou pior que alguém. Mas de uma certa forma encaixo-me ali no ser "única", "excêntrica" e "estranh(íssim)a".

 

2 - Eles são independentes e sabem como fazer coisas - não são do tipo que esperam ajuda de outra pessoa.

Ora, eu espero sempre que, se precisar de ajuda, alguém esteja lá. No entanto tento sempre fazer as coisas sem pedir ajuda, sem incomodar. Procuro ou tento ver como se faz, mas se afinal não, lá terá que ser a ajuda... Mas parto sempre do principio que em cada desafio ele é para mim, só para mim. Porque se me lanço a pensar que tenho ajudas e depois não tenho, quem fica esmurrada sou eu...

 

3 - Uma pessoa de Aquário pode ver beleza em suas falhas e imperfeições - Eles vão ajudá-lo, mas tentarão transformá-lo em algo que você não é.

Discordo tanto quanto concordo - lá está isso do estranha - mas de facto aqui está a única coisa que discordo totalmente como característica, a parte de transformar alguém em quem não é. Até porque, eu sou a primeira pessoa a abandonar o barco quando mo tentam fazer...

 

4 - Eles são criativos e tendem a pensar mais do que os outros signos - Eles também tendem a ficar "loucos" por pensarem demais nas coisas.

Sou mais reticente na parte da criatividade - tantas vezes questiono-me pela minha - mas penso muito nas coisas. Demasiado até, o que leva sim, algumas vezes a ficar "louca" por pensar demasiado. É algo que ultimamente tento mudar... Na criatividade levo mais para o campo de querer ser muito eu, gosto sempre de pôr um toque meu nas coisas.

 

5 - O Aquariano acredita no Amor sem limites - Eles querem um amante, melhor amigo, alma gémea... tudo em um!

Estou solteira vale o que vale - Quando se trata mesmo de Amor não é de deixar a coisa por menos. E isso é uma coisa que fica para sempre, senão não é amor mesmo. E é isso do não ter limites. Tudo pode vir a ser transformado, mas até lá, no amor o tudo em um tem que fazer parte.

 

6 -  Eles são pessoas sociáveis - no entanto não pertencem a nenhum grupo em particular.

Acho que sou uma pessoa sociável, mas de difícil acesso. Ou seja sou bastante sociável mas não dou confianças. Às vezes sei que não é fácil chegar até mim, mas se chegam eu sou sempre sociável até me provarem que não o devo ser. E isso faz-me mesmo nunca sentir que pertenço a um grupo particular.  Primeiro porque acho que grupos por vezes criam antipatias com outros e eu gosto sempre de tentar uma opinião minha para além do que me dizem. Tenho amigos de diferentes grupos. Sabem que a minha melhor amiga hoje em dia, que o é há imensos anos, "odiei" à primeira vista? E tenho quase a certeza que o facto de sermos de "grupos" diferentes teve ao caso...

 

7 - Um aquariano é uma dessas pessoas que te perguntará algo... e, no meio da sua resposta, eles ficarão entediados, e começarão a pensar em coisas aleatórias e não se lembrarão de nada que você falou.

É muito isso, confesso. (risos) Muitas vezes não me lembro do que me contam, outras tantas de quem contou o que quer que seja. Já achei que sou distraída demais nas conversas, mas acho que não. É todo um processo que não consigo controlar, mas muitas vezes, estou completamente out da conversa. Confesso!

(por estas e por outras que as pessoas se calham gostam de desabafar comigo, afinal de contas na volta depois não me lembro de nada)

 

8 - Um Aquariano de respeito, "fala fluentemente" a língua do sarcasmo, eles têm um humor negro que pode surpreendê-lo, mas também o fará rir.

Acho que é algo que se está a apurar cada vez mais. Já me aconteceu muito responder a coisas e ficar horas a rir da maneira como respondi. Porque acho que tenho um humor que nem todos entendem. Gozo muito mas não num tom pejorativo do "gozo", mas sim no achar sempre uma piada em tudo. Gosto de roubar sorrisos, acho que eternamente vou tentar fazê-lo. Rir e fazer rir.

 

9 - Eles não mostram suas emoções com muita frequência, e não gostam de chorar em público, mas se um aquariano chorar na sua frente, é porque algo está muito, muito ruim para ele.

Se alguém que me conhece mesmo lê-se isto, diria que é a minha cara. A-P-O-S-T-O. Eu concordo. Eu já disse que choro muito, mas poucas são as pessoas que já me viram chorar.

 

10 - Se uma pessoa de aquário estiver com raiva, você certamente levará com um belo de um gelo. Quando isso acontecer, não pergunte o que eles estão pensando... é melhor não saber!

Eu costumo dizer que sou a pessoa mais adorável do mundo em bem. Em mau, que felizmente não acontece muito, rodo a baiana, bato o pé, resmungo, viro do avesso, troco mil e duas palavras em dois segundos. A sorte, é que, tal como na anterior diz, não sou muito de demonstrar as minhas emoções e a coisa fica-se por poucas vezes acontecer...

 

11 - Um Aquariano defenderá sua opinião mesmo que não seja muito popular entre os outros. Eles são líderes, não seguidores.

Eu tenho a minha opinião. E aqui não se trata de ser líder ou seguidor. Tenho a minha e vale o que vale. Mesmo que meio mundo pense diferente (lá está a parte do estranha, é chamarem-lhe o que quiserem).

 

12 - Certamente, a maioria dos aquarianos podem parecer pessoas solitárias e sem emoções, mas por trás dessa superfície, há um furacão de emoções esperando para explodir...

Já mais que uma vez aqui disse, que não somos pessoas frias por não demonstrar tantas emoções. Que não quer dizer que a gente não as tenha. Cada pessoa fria, esconde uma história. Acho mesmo que é isso. E depois da primeira impressão, pelo menos deste lado, podem encontrar um furacão a explodir de emoções sim. Os meus sabem disso. Os outros não precisam.

Lembrei-me com esta característica uma vez, um namorado meu, naquela fase das primeiras mensagens, conversas, dos primeiros encontros me dizer sempre que eu demonstrava ser um iceberg. No nosso primeiro beijo, disse algo que além de nunca esquecer, me fez rir imenso. Não particularmente pelo beijo, mas pela personalidade - "Nunca imaginei que dentro de um iceberg pudesse emergir um vulcão." É isto.

 

Pois que concordo com quase quase tudo. Quase quase tudo é tão eu, tão isto. Tão aquilo que sinto ser. Não sei se é do signo, do alinhamento ou não dos astros, das personalidades ou do diabo a quatro, mas que me sinto perante isto uma verdadeira aquariana, sinto. Acho que quem me conhece também o poderia dizer... melhor que eu até.

Aquarianos por aí? Ou mesmo que não sejam, identificam-se?

29
Jan18

Eu tenho muito a mania

Maria

De ser muito eu.

É algo que realmente me define, eu acho. Muitas vezes disse tenho as costas largas. Se quiserem falar de mim falem, a minha consciência na minha almofada não pesa. Vou pelo que quero. Uso o que me apetece. Isso não define o meu eu. Quanto a isso tenho os meus valores e considero-me uma pessoa íntegra. Vejo o que quero ver. E muitas vezes finjo que nem vi só para não arranjar ali um mote para problemas. Não gosto que ninguém se meta na minha vida e por isso mesmo tento não me meter na vida de ninguém. Fujo de confusões. Já deixei de responder por isso mesmo, não me agradam as pessoas que à nossa beira "sim sim" e depois inventam todo um circo da qual não quero fazer parte. Eu sou palhaça apenas na hora que me apetecer e para quem eu bem entender.

Não queiram fazer de mim aquilo que não sou. Mais cedo ou mais tarde, eu vou desistir. Não de mim, mas sempre da outra pessoa. Sou muito fácil a deixar ir quem me quer fazer uma pessoa diferente daquilo que sou.

Gosto de não seguir a corrente, ou seguir se for essa a minha vontade. Não gosto de intrigas, do diz que disse.

Não gosto que me digam que não devo sair de casa sem maquilhagem. Ou que o meu cabelo está demasiado comprido devia fazer um corte radical. Que as sapatilhas deviam ser proibidas. E que um salto se usa toda a noite numa festa. Não gosto que se acham no direito de me quererem ver sempre num "modelo". Eu não sou assim. Eu não consigo escolher a roupa de véspera porque não sei o que me vai apetecer vestir amanhã e quase, quase de certeza se escolher no dia antes de manhã não vou querer vestir nada do que deixei pronto.

Eu não sou assim. Não tenho um género. Não gosto de sair de casa sempre de uma maneira. Não tenho um estilo para ir trabalhar, outro para os fins de semana, ou outro para ir às compras. Podem ver-me num dia a sair de casa com uns leggings e pantufas como no outro um salto de 12 cm, e uma saia justa e blazer. Qual o mal? Eu posso andar uma semana a acordar todos os dias e ter vontade de me maquilhar, de pôr base, o risco preto nos olhos, o rimel, batom... como ando semanas que nem sei o que isso é. Que nem uso brincos. Não ponho um relógio, uma pulseira ou um anel...

Eu não tenho que ter uma família formada, ser casada e tudo muito politicamente correcto, porque "assim é que é" com a minha idade, ou porque sou mulher, só porque as outras pessoas acham. Ou porque é o "normal". Eu também acho que o Mariano Di Vaio seria um maravilhoso pai para os meus filhos mas não sei se ele é da mesma opinião e se acha bem isso.

Poupem-me e poupem-se. Não queiram fazer dos outros aquilo que eles não são. Dêem a vossa opinião mas não massacrem. Não insistam em algo quando naturalmente do outro lado essa não é a tendência. 

Deixem-me usar o cabelo da cor que me apetece. Deixem-me usar roupas da Primark misturadas com as da Salsa, da Massimo Dutti, ou da feira da barraca dos três euros.

Poupem-me a serem para os olhos dos outros.

Deixem-me não seguir um padrão.

Eu sou assim. Tenho muito a mania de não ir em modas só porque é moda. E de usar aquilo que realmente gosto de usar. Esteja out ou in até porque nesse tópico continuo a não ser nem nunca serei uma fashion blogger.

31
Ago17

31 de Agosto. Diana. 20 anos depois.

Maria

O 31 de Agosto é sempre um dia especial. Uma das minhas pessoas especiais faz anos e que me lembre raro foi o dia que não conseguimos passar juntos. É das melhores pessoas que conheço e é das minhas. Com muito orgulho. O aniversário sempre serve para reunir a família à volta da mesa. Sempre. Umas vezes com uns outras vezes com outros. Infelizmente alguns já não estão. Outros chegam. Às vezes é a despedida dos nossos que vão para o país que os acolhe e transforma sempre este dia com boas lembranças. Tenho imensas. O 31 de Agosto também ficou marcado à vinte anos (já?!) pela morte da Princesa Diana - a Princesa do povo. É impossível não lembrar, porque foi em mais uma festa que começamos a receber as imagens desta trágica notícia. Desde então, não há um aniversário que não se lembrem. Como é óbvio mais logo quando estivermos todos juntos alguém vai comentar "olha faz hoje uns anos que morreu a Diana". Típico. Mas na verdade marcou mesmo.

A Princesa Diana traz-nos memórias de uma princesa que tentou sempre passar a imagem da proximidade da realeza com o povo. Ela era uma impulsionadora da solidariedade mundial e projectava um sorriso que parece que nos chegava a todos. E aconchegava. Na verdade não esqueço aquele sorriso (ainda mais intenso com os filhos) que a caracterizava e o vestido azul bebe que lhe assentava como uma luva e realçava aqueles olhos claros - lindos - mas perdidos com uma certa tristeza de quem tinha um mundo comprometido e que tinha sonhos altos para além desse mundo que lhe queriam.

A Princesa Diana fazia capa de revistas diárias a nível mundial. Ainda hoje continua a fazer. A sua morte foi e continua cheia de mistérios e envolvida a vender e a dar a ganhar a esses jornalistas que vivem com a sede de se intometerem na vida destas pessoas como sanguessugas. Infelizmente é a parte "podre" do jornalismo. Que nem gosto de chamar jornalistas a este tipo de paparazzi. Esta gente é o típico cusco, vive para ganhar alguma coisa em prol de nada da vida de outras pessoas. Acredito que essa foi a causa da morte. E acredito mais ainda que, pessoas famosas perdem vida todos os dias, devido à existência desta gente.

21
Jul17

Gisela João

Maria

 

É mulher do Norte. 

Tem uma voz maravilhosa. E um sorriso daqueles gigantes que se quer. Canta lindamente e tem na voz emoção. Transmite boas energias. E coração.

Pessoas de sorrisos são sempre mais bonitas, sempre o disse.

Gostei muito de a conhecer um pouco melhor desde a sua entrevista para o alta definição. Não percam e ouçam Gisela João. Vale a pena.

"É o que há. Bora lá" algures na entrevista, uma frase que fica.

04
Abr15

O amor é um lugar estranho.

Maria

Quando cai uma folha, cresce outra no seu lugar... Mas sob a superfície da mudança permanece um padrão inalterável.

Por mais mudanças que as nossas vidas tenham, por mais tombos que a gente dê, por mais feridas que demorem a cicatrizar, por mais "nunca" e "jamais" que se digam e que não se cumpram,  por mais erros que se cometam... é reconfortante saber que os nossos valores permanecem inalteráveis.

Pode mudar-se tudo. Menos os valores. Os nossos.

[ ♥ ]

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D