Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

07
Jun18

To listening... ♥

Maria

 

"Que mais tem de acontecer no mundo Para inverter o teu coração pra mim Que quantidade de lágrimas devo deixar cair Que Flor tem que nascer para ganhar o teu amor Por esse amor meu Deus Eu faço tudo Declamo os poemas mais lindos do universo A ver se te convenço Que a minha alma nasceu para ti Será preciso um milagre Para que o meu coração se alegre Juro não vou desistir Faça chuva faça sol Porque eu preciso de ti para seguir Quem me dera Abraçar-te no outono verão e primavera Quiçá viver além uma quimera Herdar a sorte e ganhar teu coração Será preciso uma tempestade Para perceberes que o meu amor é de verdade Te procuro nos outdoors da cidade, nas luzes dos faróis Nos meros mortais como nós O meu amor é puro é tão grande e resistente como embondeiro Por ti eu vou onde nunca iria Por ti eu sou o que nunca seria Eu preciso de um milagre Para que o meu coração se alegre Juro não vou desistir Faça chuva faça sol Porque eu preciso de ti para viver

Quem me dera

Abraçar-te no outono verão e primavera

Quiçá viver além uma quimera

Herdar a sorte e ganhar teu coração"

 

A nova música da Mariza é linda, linda ❤ e eu adoro ouvi-la.

09
Mai18

Eurovisão

Maria

Mais um a vez ando um pouco a leste, nada que não seja o habitual com o festival, mas confesso que por ser no nosso país já devia andar a cuscar aí alguma coisa, mas na verdade não. Cusquei, numa cena à gaja mesmo, umas fotos das apresentadoras que acho que estamos sim bem representados aí, e em bom. Como gosto muito de ver o talento da Daniela Ruah por cá e ainda para mais é gira que se farta! E nem vou falar da Catarina que parece sempre uma jovem (menos com o vestido que pisou a passadeira azul que na minha opinião não a favorecia tanto como por exemplo o vestido em que arrasou ontem). Pormenores.

A nossa música também só descobri à pouco tempo e apesar de não me ter sentido arrebatada à primeira, há ali um "je ne sais quoi" que me cativa.

Parece que ontem foi a primeira semifinal mas não vi. Vou tentar ver a segunda para me inteirar do acontecimento pela primeira vez na nossa "Tuga".

Estão com fé na nossa música?

Já me disseram que é outra música como a do Sobral, primeiro estranha-se depois entranha-se. Na verdade à primeira não desiludiu mas também não apaixonou. E depois de já a ter ouvido umas três vezes já me soa bem melhor. Eu gosto da simplicidade. Mas acho que a letra também é um pouco simples demais. A ver vamos...

Fiquem com a música:

"Eu nunca te quis menos do que tudo, sempre, meu amor
Se no céu também és feliz
Leva-me e eu cuido, sempre, ao teu redor

São as flores, o meu lugar
Agora que não estás rego eu o teu jardim

Eu já prometi que um dia mudo ou tento ser maior
Se do céu também és feliz
Leva-me e eu juro, sempre, pelo teu valor

São as flores, o meu lugar
Agora que não estás rego eu o teu jardim
São as flores, o meu lugar
Agora que não estás rego eu o teu jardim

Agora que não estás rego eu o teu jardim
Agora que não estás rego eu o teu jardim
Agora que não estás
Agora que não estás rego eu o teu jardim"

18
Abr18

To listening... ♥

Maria

 

"Não é sobre ter Todas as pessoas do mundo pra si

É sobre saber que em algum lugar Alguém zela por ti

É sobre cantar e poder escutar Mais do que a própria voz

É sobre dançar na chuva de vida Que cai sobre nós

É saber se sentir infinito Num universo tão vasto e bonito, É saber sonhar

E, então, fazer valer a pena cada verso Daquele poema sobre acreditar

 

Não é sobre chegar no topo do mundo E saber que venceu

É sobre escalar e sentir Que o caminho te fortaleceu

É sobre ser abrigo E também ter morada em outros corações

E assim ter amigos contigo Em todas as situações

A gente não pode ter tudo Qual seria a graça do mundo se fosse assim?

Por isso, eu prefiro sorrisos E os presentes que a vida trouxe Pra perto de mim

 

Não é sobre tudo que o seu dinheiro É capaz de comprar

E sim sobre cada momento Sorriso a se compartilhar

Também não é sobre correr Contra o tempo pra ter sempre mais

Porque quando menos se espera A vida já ficou pra trás

Segura teu filho no colo Sorria e abrace teus pais Enquanto estão aqui

Que a vida é trem-bala, parceiro E a gente é só passageiro prestes a partir

Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá Laiá, laiá, laiá, laiá, laiá

 

Segura teu filho no colo Sorria e abrace teus pais Enquanto estão aqui

Que a vida é trem-bala, parceiro E a gente é só passageiro prestes a partir"

daqui

19
Dez17

To listening... ♥

Maria

Sabem aquelas músicas carregadas de sentido em cada palavra?

É isto:

 

"Era uma vez O dia em que todo dia era bom Delicioso gosto e o bom gosto das nuvens Serem feitas de algodão Dava pra ser herói no mesmo dia Em que escolhia ser vilão E acabava tudo em lanche Um banho quente e talvez um arranhão Dava pra ver, a ingenuidade a inocência Cantando no tom Milhões de mundos e os universos tão reais Quanto a nossa imaginação Bastava um colo, um carinho E o remédio era beijo e proteção Tudo voltava a ser novo no outro dia Sem muita preocupação

É que a gente quer crescer E quando cresce quer voltar do início Porque um joelho ralado Dói bem menos que um coração partido É que a gente quer crescer E quando cresce quer voltar do início Porque um joelho ralado Dói bem menos que um coração partido

Dá pra viver Mesmo depois de descobrir que o mundo ficou mau É só não permitir que a maldade do mundo Te pareça normal Pra não perder a magia de acreditar na felicidade real E entender que ela mora no caminho e não no final

É que a gente quer crescer E quando cresce quer voltar do início Porque um joelho ralado Dói bem menos que um coração partido É que a gente quer crescer E quando cresce quer voltar do início Porque um joelho ralado Dói bem menos que um coração partido

Era uma vez"

30
Nov17

Rip Zé Pedro!

Maria

Estou ainda com um travo na garganta.

Grande Zé Pedro! 

Xutos e Pontapés são [-me] Zé Pedro. 

 

Ouvi Maria, a primeira vez ao vivo no tempo do ciclo. Nunca me esquecerei desse concerto.

Vi algumas vezes os Xutos.  Na sua maioria no Porto. Por acaso a ultima vez foi em Lisboa no Rock in Rio. 

As letras das musicas saem quase como que de forma automática. Quem não?!

Quando deram o primeiro concerto eu ainda cá não andava, e por isso cresci a ouvir Xutos. Talvez o facto de ter um irmão mais velho tenha sido o maior motivo.

Foi toda uma vida a gostar de os ouvir. A não cansar de lhes sentir as musicas que de tanto serem, pareciam "nossas".

Zé Pedro deixa um caminho fantástico no Rock.  E aquele sorriso que sempre partilhava. Fica. E a música fica mais pobre. A música portuguesa fica mais pobre...

Rip Zé Pedro💕

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D