Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

26
Abr18

A simpatia pode ser a tua maior arma. A falta dela, a pior.

Maria

Mas há alguém que goste de pessoas que não conjuguem a palavra simpatia? Acredito que só mesmo aqueles que também não o são e se assemelham.

Eu não gosto. E tento lidar o menos possível com pessoas que não o sejam. Se as poder riscar na minha vida para todo o sempre assim será. Sejam conhecidos, amigos, vizinhos, colegas de trabalho, pessoas cujo profissionalmente nos cruzamos, ou dono de lojas, e afins que eu visite.

O ser simpático, faz-me olhar novamente. O não ser tira-me a vontade.

Isto para contar o que me aconteceu um dia destes. Éramos quatro em busca de vestidos de cerimónia. E é aqui que a discrepância entre o ser simpático e o não ter simpatia nenhuma altera todo o caminho a seguir.

Entramos numa loja, cujo atendimento foi maravilhoso. Sempre nos deixaram à vontade, escolher à vontade. Ver à vontade. Experimentar se assim o quiséssemos. Tirar fotografias até, nos disse a dona da loja que fomos. Sempre com um sorriso. Sempre simpática. É sem dúvida uma loja a voltar ou a aconselhar.

Entramos noutra loja. Para lá da montra era todo um outro mundo. Caras sisudas. E algumas pessoas à espera. E nós lá esperamos também sem que aparentemente tivessem notado que cinco pessoas tinham entrado na loja.. Passado cerca de quinze/vinte minutos de ninguém nos dizer nada, uma de nós viu uns vestidos num expositor e começou a aproximar-se para ver. Até que, surgiu, primeiro vindo sei lá bem de onde uma voz, tom alto, antipático e rude: "não mexa, não é para mexer, é esperar pela "Catarina" que ela é que vai amostrar o que quiserem ver".

Olhamos umas para as outras impávidas com a arrogância de um senhor que depois reparamos estava lá encostado a um canto (tipo a assobiar pro ar e a coça-los enquanto mandava uns bitaites debaixo de uma bata branca) que provavelmente seria o dono, e sem sequer falarmos, decidimos todas sair sem querer ver o que quer que seja.

Não percebi o porquê de não nos ter dito nem bom dia nem boa tarde quando chegamos e só nos falou assim que demos um passo para tentar fazer o que fomos ali a fazer - ver vestidos de cerimónia.

Escusado será dizer que perdeu a oportunidade de vender quatro vestidos e que ganhou também a nossa antipatia. De modo algum será aquela loja uma hipótese a voltar a visitar.

Gente triste. E vazia.

 

(ainda ouvimos a menina que devia ser a tal "Catarina" a dizer para umas senhoras - "fui ali rápido ao dentista e ele nem me deu tempo de isto desinchar")

07
Fev18

Conversas... Ups! *47*

Maria

Numa loja de roupa ao efectuar o pagamento de uma peça:

Funcionário: - quer talão de troca?

- sim por favor. A troca pode ser feita numa vossa loja fora do continente, certo?

Func.: ah como assim continente? Nós não pertencemos ao grupo.

- Qual grupo? Não percebi...

Func.: ao grupo do continente... 

...

...

Eu - eu referia-me se a troca podia ser feita numa vossa loja nas ilhas...

...

...

Ahah gargalhada geral aos dois.

10
Ago17

Compras online.

Maria

Estamos cada vez mais direccionados para esse tipo de venda. Hoje em dia, com acesso à internet compras quase o que quer que seja de onde quer que seja. Há quem aprove. Há quem reprove.

Eu não gosto de dizer logo à partida que não, mas sinceramente em muitas categorias torço o nariz. Não sou grande adepta de compras online, a não ser que sejam produtos que eu já conheça. Já tenha visto. Ou que sejam generalizados.

Por exemplo, navegando em redes sociais apercebemos-nos que são como ervas daninhas as páginas de "lojas" de roupa que nascem na internet. Nada contra. Mas é preciso ter olho para a coisa. Isto, já há muito. Agora com tanta oferta, muito mais.

Esta é por exemplo uma categoria que não me chama muito atenção para comprar. Seja pelo tamanhos, seja pelos tecidos. Seja pelo experimentar é outra coisa. Como disse, se já vi o artigo ou conheço minimamente os artigos, a loja, ou o produto até pode ser, se não conheço, não sou muito de me aventurar no "mando vir e logo se vê".

Às vezes gosto de tirar moradas das lojas físicas (quando têm) e quando passo por perto ir espreitar. Vou contar-vos a minha ultima experiência. Andava a ver vestidos de cerimónia e tirei umas moradas para o tlm para passar no Porto. Encontrei uma página que tem roupas giríssimas, não necessariamente de cerimonia. Mas que me fez querer ir conhecer. Página com milhares de gostos, imensas fotografias de um interior de loja giro e roupas bonitas e aparentemente agradáveis à vista - o que online é só disso que se trata, o que nos enche a vista.

No sábado que andava pelo Porto, lembrei-me de ir conhecer a loja.

Ao chegar à rua da mesma, com telemóvel em mão para perceber se estava no sítio certo, apercebi-me que do outro lado da estrada estavam mais umas senhoras à procura de algo de telemóvel na mão.

Eis que, não estava a conseguir dar com a montra de uma loja de roupa (aparentemente todas têm) mas consegui ler num pequeno "letreiro" numa porta o nome. Resolvi entrar numa loja que não era de roupa mas tinha esse nome na porta. As outras mulheres também entraram. Disseram-nos que a loja era no primeiro andar.

Mal entrei na loja comecei a lembrar-me das fotografias da Internet. Nada a ver. N-A-D-A! Não tinham uma loja bonita. Não tinham quase espaço nenhum. E as fotografias da roupa que vi na internet não tinham NADA a ver com o que estava ali exposto. E os vestidos? Bem na internet giríssimos, ali não passam de uns panos cortados completamente tudo amassado como se tivessem andado à bulha na feira de espinho. Com tecidos que não lembra o diabo, transparentes com um forro que nem para isso serve. Com apenas meia dúzia de peças expostas porque percebe-se nitidamente que não é por ali que vendem. Saí dali assim como todas as outras mulheres, rápido e a fazer e conta que não gastei o meu tempo a passar por ali. Ainda me cruzei com um casal à porta de telemóvel na mão para entrar.

Não quero com isto dizer não comprem. Quero com isto dizer é preciso ter consciência. E cuidado.

A minha mãe já diz: "é um engana meninos".

Recusei-me a dizer o que quer que seja. E continuo a ir à loja online como se de um conto de fadas se trata. Imagino quem manda vir aquilo e nem sequer viu a peça. É que até nas ditas "lojas dos chineses" que tanto criticam vi a roupa bem mais passada. Pelo menos.

12
Set16

Uma ajuda BBB sff!

Maria

Daqui a quinze dias tenho um casório e imaginem só nada de outfit para o dito cujo. Nem nada de ideias, só ontem fui cuscar alguma coisa, mas nada de especial que me apaixonasse.

Preciso da vossa ajuda, lojas (preferencialmente porto ou arredores) ou sites que tenham vestidos catitas BBB (bons, bonitos e baratos) para eu investigar o caso.

Agradecida!

27
Jan14

Dos saldos.

Maria

Os saldos chegaram logo ali depois do Natal. E eu gosto de antes ir e ver bem o que compensa comprar antes do Natal ou que vale a pena esperar e ver se se tem a sorte de ainda existir depois do Natal a um preço bem mais convidativo. Às vezes tem-se sorte outras vai na volta o artigo que gostavas ou desaparece ou a diferença de preços não te enche as medidas. Este ano, antes mesmo de m meter a ir dar uma vista de olhos aos saldos apercebi-me (a blogosfera ajudou com a divulgação) que os saldos andavam loucos, ou com descontos de miséria ou com valores acima do que custavam antes, isto sim a loucura dos saldos. Já se sabe nesta coisa é preciso andar de olho aberto que o que não faltam por aí são chico espertos. Não me perdi com os saldos mas consegui trazer para casa umas peças, incluindo dois vestidos que ia comprar antes de Natal e acabei por não o fazer (e ainda bem) onde pude poupar 48,92€ pelas peças em saldo. Assim sim, valeu a pena.

08
Nov13

Da ida ao Shopping!

Maria

Quanto à Primark e porque aqui no Norte ela situa-se no Parque Nascente, lá fui eu. Não queria nada de mais, queria espreitar as malas que tinha aqui falado e dar uma vista de olhos pela loja que raramente lá vou. Crente claro. Entrei e dei uns 20 passos em que 10 foram para sair rapidamente da loja. E mesmo assim perdi logo de vista quem estava comigo. Deu-se por ali umas voltas, mas as lojas no Parque Nascente são pequenas, a Blanco comparada com a da Rua Sta Catarina é um quarto de arrumos, pequena. E todas as outras são nessa base. Há que nos pormos novamente à estrada rumo ao Norte Shopping que será sempre o meu shopping de eleição. As lojas são maiores e depois talvez porque já esteja mais habituada a elas. Em relação a modas dá para ver que o efeito tartan está mesmo em voga e não me preenche as medidas. Depois são os pequenos panos que apenas chegam para tapar as mamas e ficar de barriga à mostra, se calhar em pleno outono/inverno o frio não chega a todas. Os vestidos continuam curtíssimos e o que mais ouvi foi “é túnica ou vestido, estou confusa”. Usa-se muitas roupas em pele/imitação e vi saias e vestidos giros e o preto continua sempre a usar-se em abundância. Trouxe o Trench Coat que já algum tempo queria e que tem dado um jeitão, uma camisola básica preta e comprei uma mala giríssima na Parfois para oferecer a uma amiga. Não vi nada de mais pelo que me apaixonasse e viesse triste embora por não comprar. Um dia destes volto. A zona para as crianças brincarem é das mais requisitadas e preenchidas (ainda dizem que há falta de crianças). Não só é um amor vê-las ali todas contentes em amena cavaqueira umas com as outras, como é onde há mais homens por metro quadrado de sorriso no rosto. É que todos os outros que passam por nós no Shopping em geral andam mesmo com cara de quem anda a fazer fretes.

22
Dez12

Das lojas e lojistas.

Maria

Há os simpáticos e há os que não são. ah e coisa e tal mas eles aturam muita gente principalmente nesta altura do ano. Ok, e o que é que eu tenho a ver com isso, se eu for simpática com eles porque eles não o são comigo?

Hoje numa loja num shopping, eu perguntei se tinha um tamanho mais pequeno de uma camisola ao que a funcionária prontamente respondeu: "Não! Só tenho essas duas" E eu, ao ver uma num conjunto tipo em exposição no numero que eu queria perguntei se não podia ver aquela e a dita menina na hora: "Não aquela não a vou tirar". Não engoli lá muito a gaja com um sorriso amarelo nitidamente forçado. Dei meia volta à loja encontrei um rapaz com ar de mais simpático e numa de porque não tentar lanço-lhe a pergunta se não havia um tamanho mais abaixo daquela camisola, ao que o rapaz prontamente disse "Vou ver aqui se não encontrar vou ao armazém" vi a luz e a diferença no atendimento claro. Passado uns minutos volta com um "lamento mas não temos e até vi noutras cores mas o tamanho abaixo não tenho" e sai-me um, olhe aquela ali é o tamanho que eu queria mas se calhar aquela não posso ver pois não? e ele prontamente "Claro que sim, esteja à vontade vou tira-la!"

É isto.

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D