Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

17
Jul18

Férias - Oura View Beach

Maria

O Hotel.

Oura View Beach Club

 

Oura View Beach Club

 

Parai da Oura

 

Oura View Beach Club

 

Oura View Beach Club

Strip Oura

[ fotografias todas da minha autoria] 

 

Bem, o hotel para mim foi fantástico. Muito bem localizado. Foi o melhor sem duvida. Tínhamos piscina exterior logo ali à nossa frente e portão com acesso directo à praia da Oura.

A rua mais conhecida - a Strip - ficava a uns escassos metros e mesmo assim tínhamos todo o sossego dentro do hotel. Quase que consigo afirmar que só encontrei gente simpática. E chegamos a comentar isso lá mesmo. Desde empregados do hotel, seguranças, às senhoras da limpeza, aos outros hóspedes... estrangeiros e portugueses.

Dentro do hotel tínhamos mini-mercado. E pela manhã vendia uns croissants caseirinhos óptimos.

Voltava já amanhã porque foi positivo.

[Durante as férias recebi algumas mensagens de amigos a perguntar onde estava,

pensaram sempre que era fora de Portugal num qualquer resort.

Em Portugal há lugares bonitos também.

Não esquecer!]

13
Jul18

Férias (as fotografias possíveis)

Maria

As férias foram muito isto como aqui falei. Muito dolce far niente. No entanto não foi assim tanto descansar os olhinhos, porque no geral nunca dormi muito. Nunca me deitei muito cedo e acordei sempre cedo. Para dormir é quando estiver de férias em casa.

E foi tentar vivê-las mesmo. Por isso tenho tão poucas fotografias. Minhas devo ter umas dez, se! Das paisagens mais algumas, de pratos quase nenhuma. E eu conheci alguns restaurantes que valem a pena. Mas na verdade quando me lembrava de tirar fotografia já não fazia sentido. Ou não era o momento que me apetecesse para ir sacar do telemóvel. E acreditem mesmo, na água, houve algumas vezes que me lembrei "isto dava uma fotografia top". Só que não.

E pasmem-se? Foram espectaculares. Sobrevivi a umas férias com pouquíssimas fotografias, com poucas actualizações de instagram e de facebook. Não tenho muito para mostrar mas para contar teria tanto.

Do Hotel farei um post exclusivo.

 

IMG_20180713_124702.jpg

IMG_20180713_125117.jpg

Foi isto: Chinelo no pé. Calções. Biquini. Sorrisos. Sol. Mar. Comida. Piscina. Amigos. (um wally perdido)

Em modo repeat, repeat, repeat.

09
Jul18

Where's Wally?

Maria

 

Poderia ser uma versão ao fim das minhas férias.

Sem grandes pormenores. Mas com muitas coincidências.

Assim que cheguei a casa apercebi-me que "ficou esquecido" onde passei férias um "Deus Grego" qualquer.

Devia haver um grupo de "como encontrar um deus grego que vi algures todos os dias".

Ou um grupo "quem esteve ou quem conhece alguém que esteve de férias por lá onde estive".

Deveria ser mais ou menos isso ou calar-me para todo o sempre enquanto me lembro do dito tal, que talvez um dia me esbarre por aí, por este país que às vezes parece tão pequeno outras vezes tão grande.

Btw se estiveste no sul a semana passada de férias és um Deus grego e trocamos sorrisos num hotel da Oura eu sou a tal. Ou então não!

05
Jul18

Férias é isto.

Maria

Agora que estou de férias há alguns dias é que me apercebo o quanto as estou a viver. Viver mesmo o que são férias. Tenho pouquíssimas fotografias. Porque estou a viver tudo na primeira linha. Sem filtros. A sentir sem ser através de uma lente. E quando me lembro "e nem tirei uma foto", já passou.

Férias. É isto.

É também isto.

Chinelo no pé. Calções. Biquini. Sorrisos. Sol. Mar. Piscina.

20180705_101247.jpg

 

29
Jul16

Das férias...

Maria

Então onde está o bronze?

 [Fotografia a 6/07 antes de ir de férias]

  [Fotografia de ontem]

Acho mesmo que as pessoas queriam que eu esturricasse ao sol em apenas uma semana. Mas na verdade, contando com o protector 50 e 30 usado e a praia feita, uma horita pela manhã e depois, quase sempre a partir das 17 até que se disfarçou a cor lula deslavada que estava.

26
Jul16

Constatação *131* (das minhas férias)

Maria
  • Programas a mala com os looks para cada dia. Na volta não usas tudo o que levas.
  • Dizes sempre que no dia seguinte vais levantar-te mais cedo para ir à praia e acabas sempre por ir a cada dia que passa mais tarde.
  • No primeiro dia que andas a conhecer a zona dizes que tens que levar umas lembranças e que não podes deixar para a última. Acabas a comprar alguma coisa no ultimo dia já quase quando tens a mala pronta para regressar.
  • Dizes que vais para a praia só com a toalha e pouco mais porque estás farta de andar com a casa às costas e quando vais a sair da praia notas que levaste a tua casa e a do vizinho para a praia.
  • De manhã nunca apetece bola de berlim e deixas para quando vieres de tarde, como vais tão ao fim da tarde, acabas por não comer porque as bolas de berlim com creme já acabaram.
  • Combinas acordar bem cedinho para treinar e acabas a treinar ao fim do dia antes mesmo de ir jantar às quinhentas.
  • Sempre dizes que amanhã tens que ir jantar mais cedo. Nunca chegas a conseguir sair de casa para jantar antes das nove e meia.
  • A praia tem sempre a culpa até porque dizes sempre que tens que sair mais cedo da praia, mas é a partir das sete da tarde que sabe tão bem lá estar.
  • Combinas que hoje é a noite que te vais deitar mais cedo, mas a tentação de chegar a casa e ainda ir para a varanda porque o calor é insuportável e as conversas chamam é mais forte e acabas sempre por te deitar demasiado tarde.

A constatação mais improvável de todas:

  • Levas a roupa e sapatilhas para treinar, só porque tinhas um espacinho e para ficar na consciência... e treinas mesmo. Isto era impensável. Altamente improvável. E quase que ainda não acredito que o fiz.

Alguém se revê em alguma coisa?

25
Jul16

Dica para as férias!

Maria

Desliguem-se das rotinas. Incluindo demasiadas informações, trabalho e redes sociais.. Desliguem a ficha. Direccionem as energias positivas. Respirem bem. Façam o que vos der na real gana incluindo nada. Sejam felizes. Sabe tão bem.

E voltem. Cansados. A querer mais e mais. Com saudades. Com vontade de não voltar às rotinas. E com sono para repor. É sinal que viveram as férias. Voltei assim, mas voltei. Tudo o resto é pormenor e o importante é gozar cada prazer pelo máximo que se possa.

al16.jpg

 

24
Set15

Do Meco a Faro, passando na casa partida e num outro sem fim de lugares universitários - Quilómetros de estupidez.

Maria

 [Fotografia - Marisa Rodrigues/JN ]

 

Hoje bem cedo, ainda estava eu deitada na cama, meia a dormir meia acordada, com a porta do quarto entreaberta, ouço as notícias da rádio que a minha mãe tem sintonizado na cozinha. O alerta para uma caloira que esta noite, depois de uma praxe mal sucedida na praia em faro deu entrada no hospital. Falava-se de álcool e pessoas enterradas na areia. Levantei a cabeça porque aquilo evacuou logo qualquer tipo de morrinhice que se apodera de mim antes mesmo de me levantar. A minha mãe chega ao quarto e diz “ouviste esta? Mais uma caloira que foi parar ao hospital porque uma praxe correu mal na praia. Eles não têm já maus exemplos para fazerem estas merd@s na praia à noite?” gente estúpida mãe, saiu-me.

Agora pensando melhor… há gente muito estúpida mesmo, ainda não consegui perceber bem se mais são quem manda praxar se quem tem a dignidade de se deixar enterrar na praia, à noite e enxofrar álcool como se não houvesse amanhã.

Esperem, esta caloira num amanhã será uma “doutora” com um curriculum pessoal/social muito mais abonatório com o facto de ter feito esta praxe. 5 valores a mais. Digo eu, mas isto é atirar para o ar, não sei bem porque não estou a par da diferença de qualificação dada à estupidez e à verdadeira importância de ser-se bom no curso que se faz.

“Ahh mas tu não percebes Maria, faz parte. As praxes fazem parte da caminhada universitária.” Pois diz que sim. Mas desde quando é que uma praxe tem que passar por pôr em risco a saúde, o bem-estar, o respeito por nós, a nossa dignidade?

" A praxe consistia em enterrar os jovens na areia próximo da água de forma a que pudessem estar imobilizados enquanto lhe eram dadas, à boca, bebidas alcoólicas.

A jovem sentiu-se indisposta e teve de ser transportada de ambulância para o Centro Hospitalar do Algarve. À hora de fecho desta edição, estava na urgências a ser avaliada.

(...)

"A preocupação deles era tapar os buracos que fizeram na areia antes da chegada da GNR e da Polícia Marítima. A maré entretanto subiu e levou parte do vestígios", garantiu. Nas imediações, nos caixotes do lixo, eram visíveis dezenas de garrafas de bebidas alcoólicas."

daqui

Depois trazem-nos memórias do ainda não tão longínquo e trágico acontecimento do Meco. As pessoas morrem, ninguém é culpado e a estupidez humana aumenta a milhas.

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D