Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

20
Set19

Desafio de escrita dos pássaros #2

Maria

» O amor e um estalo «

desafio passaros.JPG

 

Rita, de férias na Nazaré, cruzou-se com Clara que não via há uma década. Ambas surpreendidas, deram um caloroso abraço por aquele reencontro depois de perderem contacto durante tanto tempo.

- Pareces-me bem, que sorriso bom  e esses miúdos são teus filhos? - perguntou Rita admirada.

- Sim. São o meu tudo na vida.

- São teus filhos e do...

- Não! - respondeu imediatamente Clara sem deixar sequer que a Rita terminasse a pergunta. - Estou feliz. Sou feliz. Encontrei alguém que amo e me ama também. Consegui finalmente perceber o que é Amor.

Rita ficou imensamente feliz com aquelas palavras. Vezes sem conta perguntava-se como estaria Clara que desaparecera do mundo delas sem deixar rasto, depois de episódios que marcaram o fim da adolescência de ambas.

Há cerca de dez anos, num jantar de aniversário, estava o grupo de amigos em frente ao restaurante à espera uns dos outros. E chegou ela, Clara a miúda mais gira do grupo com Pedro, o namorado, também ele giro mas, o playboy da zona. Ela vinha como sempre, gira e produzida com um vestido preto justo evidenciando as suas curvas. Os elogios não se fizeram esperar...

Quando finalmente se preparavam para entrar no restaurante, Pedro deu a mão a Clara, disse que se esquecera de algo em casa para ela lhe fazer companhia até lá, mas que voltavam já. E foram.

Demoraram quase uma hora, até que Clara surge abraçada por Pedro, notoriamente abatida e com os olhos de quem esteve a chorar e para espanto de todos de calças e um top básico.

- Clara que te aconteceu, não me digas que foi o Pedro que te obrigou a vestir calças? - perguntou Rui, num tom de brincadeira, já com umas cervejas a mais e nitidamente no gozo.

- Não, claro que não - sorriu timidamente Clara, ainda agarrada a Pedro. - Era o que faltava! - rematou.

Quando finalmente se encontraram cá fora, Rita apressadamente a questionou se ele lhe tinha batido.

- Não Rita! Foi só uma discussão, mas nem tem nada a ver.

- Tu sabes que podes contar comigo para tudo e eu sei que não me estás a contar a verdade.

- Rita (...) foi só um estalo. E eu sei que foi no calor da discussão. Foi a primeira vez. Eu sei. Ele ama-me. E eu também.

- Será que também te amas, Clara? 

Vejam outros textos meus para este desafio aqui.

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Expressões à moda das “tripas” do Porto!

Sigam-me

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D

subscrever feeds

Em destaque no SAPO Blogs
pub