Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

20
Mar15

A minha rua é melhor que a tua.

Maria

Só no fim-de-semana passado uma vizinha veio trazer peixe do rio que o homem pescou. Outra vizinha fez anos e veio trazer um pedaço do bolo de aniversário. Uns vizinhos que costumam estar fora vieram cá e convidaram a famelga para almoçar lá em casa no domingo. Um dia destes a minha mãe levou limões e umas alfaces à vizinha que não tem. O meu vizinho pediu piri piri ao meu pai das suas plantações. Num outro dia acabou a farinha à minha vizinha e veio pedir, assim como à noite a minha mãe esqueceu-se que não tinha pão e outra vizinha dispensou-lhe os que quis. As tangerinas cá de casa são divididas pela vizinha do lado, pela vizinha da frente e pela outra que o neto gosta tanto. Volta e meia está pendorada na maçaneta da porta, uma saca com qualquer coisa. Aqui divide-se tudo que se possa. Ajudamo-nos uns aos outros. Partilhamos o que temos. Um dia destes uma vizinha que não faz arroz de cabidela em casa pediu para jantar cá em casa quando a minha mãe fizesse. Veio e com ela trouxe umas chouriças e umas alheiras. Não é troca, é partilha.

Depois penso que há vizinhos que não se conhecem, que moram às dezenas num prédio e que nem se vêem. A minha rua é família. Mesmo existindo uma ovelha negra (há sempre, convenhamos até mesmo na própria família). E não precisamos de saber de tudo da vida uns dos outros, que não sabemos. Porque não é preciso. O que é preciso é partilhar do que temos. E partilhamos os risos mas também os choros. Embora que não gostando, só goste do dos provocados pelo cortar cebolas. E depois faz-se um bolo e dá-se a provar aos vizinhos porque não há quem faça bolo de pão ralado como cá em casa. Assim como não há como quem faça os bolinhos de abóbora da minha vizinha que lembra-se sempre de mim. Ou o bolo de pão-de-ló caseiro que a outra faz. Ou os pezinhos de amores-perfeitos que traz para plantar e pede pés de roseira para fazer o mesmo. E não é incómodo. Faz parte. E eu gosto disto. Disto típico de aldeia. Desta família de sangues diferentes. Mesmo onde uma ovelha negra existe mas não faz mossa. Mesmo onde um deles é um ex meu mas não faz mossa. Mas gosto. Gosto dos meus vizinhos. A minha rua é melhor que a tua. É isso.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Maria

    04.04.15

    Eu sou sincera este conhecimento agarda-me por tantas e tantas situações que já vivi aqui na vida. Mas sei que nem todos são assim. Mesmo assim espero que se algum dia mude de casa consiga ter um pouco disto noutro lugar.
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Sobre mim

    foto do autor

    Espreitem Como eu Blog

    Expressões à moda das “tripas” do Porto!

    Sigam-me

    <>

    <>

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Twita-me

    <>

    <>

    Pesquisar

    Arquivo

      1. 2020
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2019
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2018
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2017
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2016
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2015
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2014
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2013
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2012
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2011
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2010
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D
      1. 2009
      2. J
      3. F
      4. M
      5. A
      6. M
      7. J
      8. J
      9. A
      10. S
      11. O
      12. N
      13. D

    subscrever feeds