Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

11
Jun18

Faceweek*

Maria

IMG_20180611_162622.jpg

 

Alguns looks usados nas últimas semanas.  As temperaturas continuam uma incógnita e nestes ultimos dias não lembra mesmo que se esteja em junho e tem estado um fresquinho que não se aguenta. Chuva que não lembra para esta altura. A gente tenta andar com mais cor mas a tarefa não é nada fácil.

Este fim-de-semana a minha afilhada mai'nova fez nove meses e está gira que dói. Ontem foi dia de festejar mais um ano de aniversário do casamento dos meus amigos do qual fui também madrinha. Estou super feliz por eles, pela família que construiram e por continuarmos com esta boa amizade que nos une. Fomos almoçar à Tasquinha do fumo e como sempre, só me lembrei de tirar fotografias quando já não restava nada para tirar. Mas aquilo é do melhor. Tudo muito caseirinho e típico. Uma facada na minha dieta à la #MariaTexuga.

IMG_20180611_163436.jpg

 

A_DOURO, sempre são dias felizes por lá  As paisagens com que nos brinda. A paz. Aquela paz.

IMG_20180611_163116.jpg

O pormenor das ultimas manicures usadas. 

 

Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito

08
Jun18

Conversas... Ups! *49* - Os miúdos e as "lições de moral"

Maria

Quando uma miúda de oito anos te diz após ouvir a conversa dos adultos em que alguém pergunta "quando te casas?":

-«acho que percebo porque estás sozinha. Hoje em dia é difícil encontrar-se um amor como o dos meus pais (casaram com dezoito anos e como eles dizem conheceram-se desde sempre). É difícil encontrares alguém em quem confiar. Ou se juntam novos e conhecem juntos, ou então depois quando és mais velha já sabes o que a casa gasta e tem-se medo de se magoar, ou de dar a oportunidade a alguém que vem só por vir e que nem dá para confiar. É triste, hoje em dia ninguém está para aturar ninguém e há mínima coisa vai um para cada lado. Pior mesmo é quando há filhos. Sabes que tenho na família uma prima que se separou do marido e quis ficar com filho, agora arranjou um namorado e quem lhe fica quase sempre com o filho é a mãe. Mas afinal de contas para que quis ela ficar como filho se agora só quer namorar e faz da avó, mãe do filho? É triste. Acho que te percebo. E acho que um dia, se as coisas continuarem assim também não vou ter paciência para aturar homens. Isso se não encontrar um amor como a minha mãe que dê para confiar para a vida toda. Assim mesmo como a Carolina canta»

 

Faz parecer só tão parvo todas as outras pessoas que insistem no "ainda não te casaste? E namorados? Filhos? Vais ficar solteira? Vais namoriscando? Não te juntas?"

A sério, uma "lição de moral" de uma miúda de oito anos. Ao que só lhe respondi "vais com certeza arranjar um grande amor, minha querida" e ela prontamente - «é o ter que ser».

Os miúdos surpreendem-nos quando pensamos que já nada deles nos surpreende.

 

07
Jun18

Constatação *145*

Maria

Quando temos muita vontade de algo é sucesso garantido. A força de vontade. E o foco.

[Ou não.]

Desde o fim-de-semana que na minha mesinha de cabeceira mora uma caixa de After Eight que são só os meus chocolates preferidos. E desde então, apesar de todos os dias olhar para ela até à data consegui resistir e não comi nem um, nem mesmo ontem que a piolha mais nova distribuiu uns quantos por todos e eu recusei.

Hoje quando me pesei pela manhã e vi que engordei 500 gr apeteceu-me lambuzar-me com todos os chocolates que lá restam. Quanto ingratidão.

07
Jun18

To listening... ♥

Maria

 

"Que mais tem de acontecer no mundo Para inverter o teu coração pra mim Que quantidade de lágrimas devo deixar cair Que Flor tem que nascer para ganhar o teu amor Por esse amor meu Deus Eu faço tudo Declamo os poemas mais lindos do universo A ver se te convenço Que a minha alma nasceu para ti Será preciso um milagre Para que o meu coração se alegre Juro não vou desistir Faça chuva faça sol Porque eu preciso de ti para seguir Quem me dera Abraçar-te no outono verão e primavera Quiçá viver além uma quimera Herdar a sorte e ganhar teu coração Será preciso uma tempestade Para perceberes que o meu amor é de verdade Te procuro nos outdoors da cidade, nas luzes dos faróis Nos meros mortais como nós O meu amor é puro é tão grande e resistente como embondeiro Por ti eu vou onde nunca iria Por ti eu sou o que nunca seria Eu preciso de um milagre Para que o meu coração se alegre Juro não vou desistir Faça chuva faça sol Porque eu preciso de ti para viver

Quem me dera

Abraçar-te no outono verão e primavera

Quiçá viver além uma quimera

Herdar a sorte e ganhar teu coração"

 

A nova música da Mariza é linda, linda ❤ e eu adoro ouvi-la.

05
Jun18

Em dia de pânico...

Maria

 

Após quase três meses de ter começado a minha dieta à minha medida posso dizer que aquilo nem foi sol de pouca dura porque de sol houve muito pouco. A tentativa continua lá, mas não está nada fácil. Quero voltar a treinar agora que acabei o tratamento mas não me parece que tenha vontade. Já arranjei uma aplicação de treinos diários (já fiz dois dias) e já fui buscar o tapete que estava em casa de uma amiga para ver se ganho coragem de seguir certinho, mas não está fácil, é que este ano nem comecei sequer as minhas caminhadas com este tempinho destrambelhado e com os horários que tenho feito para sair do trabalho. Isso e a minha mãe fazer coisas do género que fez hoje:

Eu ontem: Mãe esta semana vou tentar não abusar a comer a ver se aligeira a coisa. 

Eu hoje com o pequeno almoço: Mãe isto é um croissant, logo estritamente proibido para esta semana que queria não comer porcarias.

Mãe: Mas ele tinha tão bom aspecto. Também um croissant não vai fazer mal nenhum!

... Tenho como não o comer depois de ser comprado a pensar em mim com tanto carinho? Não tenho. E comi.

Fim da história. E de uma dieta que não tem pernas para andar. Já o treino vamos ver se se continua.

Vinha falar de pânico, é que hoje é dia de visita ao dentista e eu acho que o pouco que já emborquei hoje, já anda às voltas.

(envolver dentista e dieta num post é degradante)

04
Jun18

Do verbo cuticar

Maria

Cuticar

 

Às vezes é preciso todo um processo para te apaixonares. Todo um conjunto de momentos para te fazerem sentir - É isto. Às vezes não vês o que tens à frente. Não sentes. Não ligas "a ficha". 

Às vezes é preciso uma eternidade para aceitares que estás de corpo e alma naquilo. Mas quando aceitas, vai.

Sê lamechas. Sê corações. Ou sê o que tu quiseres. Mas não vás com um pé atrás.

Se a tua vontade for querer entrar mesmo nisso. Oh pá, Vai.

 

29
Mai18

Dia dos clips e a melhor história a contar.

Maria

Rádio Comercial diz que hoje é dia dos clips, então não posso deixar de contar a melhor conversa sobre eles mesmos que já aqui contei.

No trabalho com um indivíduo:

- Arranje-me um coiso desses. Como é que se chama isso?

Eu: Clips!

- Clips?? (olhando e apontando lá para fora) Então e clips não são aquelas árvores?

...

...

Eu: Não. Aquelas árvores são eucaliptos.

Repost: Conversas... Ups! *35*

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D