Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

31
Mar10

Podem rir (de mim) à vontade!

Maria

Isto de usar msn para falar com fornecedores ou clientes no trabalho é claro que tem muitas vantagens. Dá-me um jeitaço! Ontem descobri uma das piores desvantagens! Eu escrevo muito rápido e nem sempre tenho tempo para dar uma olhadela ao que escrevi antes de carregar nessa tecla mágica que é o “Enter”. Pois bem:

Eu: Precisava que analisasses aí os nossos extractos é que qualquer coisa não bate certo.

Ele (cliente): Ai é? Que se passa? Eu logo passo aí.

Eu: Ok. Passa então e falamos.

Ele: Mas... estou no escritório podes dizer mais ou menos o que é e já vou vendo.

Eu: Diz-me qual é o valor total do v/ débito é que depois de fazer aqui as actualizações das entradas e saídas, a minha con(t)a* corrente está diferente da tua.

...Algum tempo de espera...

Ele: Olha manda-me a tua… a tua... A tua CONTA corrente por fax ou e-mail. (ainda estou a rir)

Bem, eu quando fui ler, fiquei atónica. A minha sorte é que isto tudo foi com um colega meu…. Se fosse com outro cliente oh God! Oh my God!

* sim, esqueci-me do "t" vou só ali crucificar-me e já volto.

30
Mar10

Gente parva! *1*

Maria

 

Ao ponto de pensarem que estão sempre acima de tudo. Ao ponto de pensarem que o palanque em que se encontram não tem brechas! Meu Deus, do alto do meu salto, a nível do palanque ouço o ranger das arestas. Até dizem que o perigo está eminente! Vou-me por na alheta antes que leve com um estrado. É que aquando destes tombos, a porcaria vai em todas as direcções.

29
Mar10

Se não sabes deverias saber que

Maria

Procuro que me envolvas em teus braços, não para que me abraces mas para que comigo dances. Quero que me leves tão perto para que o teu respirar sussurre nos meus ouvidos para que o teu rosto embale o meu e as tuas mãos me segurem. Quero que as tuas palavras me façam suspirar e que consigas balançar o meu coração. Quero que me faças desejar-te a cada passo. Quero que as nossas pernas se complementem para que os passos sejam uníssonos e apaixonantes. Quero que dances na minha vida e eu quero ser tua. Não me digas que não sabes, estragarás tudo. Não fales. Deixa-te levar e não saberei que não sabes. Sê confiante e acreditarei que sempre dançarás comigo, um dia acabas por entender que o que eu quero não é apenas um bailarino. É alguém que me complete e me acompanhe na dança da vida. Dançamos? Cabe a Ti surpreender-me com a resposta…

[ Imagem - Richard Gere e Susan Sarandon no filme
Shall we dance? ]

Pág. 1/5

Sobre mim

foto do autor

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Follow

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D