Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

09
Ago19

Maria dois. Texuga zero.

Maria

90. comida.png

 

Passou mais um mês (e uns dias que me atrasei a publicar este post), logo dois meses do dia em que disse #MariaTexuga tem lá calma!

Primeiro trago as notícias das análises da tiróide. Baixaram (ainda que não para os valores normais) ao tomar a medicação nestes oito meses, logo a conclusão que tiro, ainda sem ter feito a eco, é que provavelmente terei que continuar a tomar todos os dias aquele comprimido em jejum. Mas ainda falta fazer a eco e ir ao médico. Mas já fico satisfeita por terem baixado os valores e também os do colesterol. Acredito que a "dieta" também vá ajudando.

Balanços?

Como podem ver pelo título é mais um mês com balanço positivo. Mas quando pensei que o difícil era começar agora estou com dúvidas. É que o tempo vai passando e cada vez sinto mais falta e vontade daqueles pratos tão cheios de tudo e mais alguma coisa que adoro morfar.

Tenho tentado não pensar muito em comida mas se, já antes por vezes sonhava com ela, agora o cenário não melhorou em nada.

Acabo por achar que no principio foi mais fácil afinal, mas de qualquer maneira continuo a não me negar a entregar a algumas coisas.

Tenho a noção que tenho sido bem forte quanto a não cair na tentação de não repetir o prato (menos ontem que foi cabidela e é impossível não repetir a cabidela que a minha mãe faz!). De comer menos arroz e massas à noite. De evitar mais que um pão por dia. Molhos. De não fazer a visita ao frigorífico ou aos armários antes de me deitar.  Batatas fritas. E fritos no geral. Cones de milho que tenho lá em casa e ainda vão passar a validade. Não comprar pizzas congeladas, ou lasanhas ou coisas do génro. Fáceis de cair em tentação. Tenho tentado.

Mas depois ainda não consigo resistir de vez em quando. Por exemplo, neste mês, fiz muitas almoçaradas aos domingos de assados no forno a lenha o que me faz perder a noção de um prato já que não consigo resistir. Fui ao mac. Acabei na ultima semana do mês por ir comer uma francesinha e já comecei este mês a ir à pizzaria. Não tem sido um dia de asneira por semana, o balanço ainda diz que tem sido mais.

Mas não me martirizo por isso. Confesso!

As caminhadas continuam mas com muitas mais falhas que o primeiro mês. Tenho sempre essa noção quando espreito a aplicação da samsung health e vejo o caos. No treino semanal à quarta não faltei nenhum dia no mês de Julho! E fiz dois ou três treinos em casa, segundo outra aplicação que tenho no tablet. Uma miséria, mas vá.

Dizer com isto que, neste ultimo mês, Julho, emagreci mais dois quilos (4,5kg no total). Bem bom para a miséria de "dieta" que sigo. Cada vez me sinto melhor, porque não ando tão inchada. Consegui reduzir volume na zona da barriga. E continuo a achar que vou ganhando mais firmeza nas pernas. Já consigo que alguns calções do ano passado passem a coxa e já consegui vestir uma ou outra calça que já não apertava.

Balanço mais que positivo, porque acho que fica mais difícil de perder peso agora. E com tantos descuidos e falhanços no foco. Mas a gente tenta.

Veremos para o próximo mês, mas estou menos confiante, visto que entro hoje de férias e costuma ser o caos instalado. Engordo sempre. O ano passado passou os dois quilos em quinze dias. Mas eu tenho fé nesta #MariaTexuga.

Mas se uma #MariaTexuga consegue, todos conseguem.

Comer menos quantidade. Aplicações de telemóvel para motivarem a fazer exercício. Evitar tantas porcarias. E exercício físico umas vezes por semana (e rezar aos santinhos que a tiróide dê tréguas).

Estão no foco? Partilham dicas? 

08
Ago19

Como aguentar 12 anos numa empresa?

Maria

Muitas vezes fazem-me essa pergunta quando  se fala da minha empresa. Tantos anos na mesma empresa não é fácil. E acredito que, visto de fora, algumas sejam as dúvidas e as suposições. 

Já aqui falei. E tenho sempre o prazer de o dizer. O que me faz ficar cá tanto tempo são as pessoas. E num emprego, num trabalho diário, numa casa onde passas tanto tempo como na tua, ou mais (pelo menos acordada) são as pessoas que te fazem o ser e o querer estar. Quando pensam que é o dinheiro que move. Não, não é. São "bolos" diferentes. É importante. Mas para o nosso bem estar não é só o dinheiro que conta...

Percebam porquê.

Faleceu ontem o "Manuel". Que sempre apelidei carinhosamente de "meu Manelzinho" aqui na empresa. Quando cá cheguei, ele já cá estava. E foi sempre um querido comigo. Um amigo mais velho trinta anos. Que me aconselhou. Me deu dicas. Que muito desabafou. Que amava a família e babava pelas filhas... 

Trabalhamos juntos cerca de três, quatro anos não sei precisar e acabou por sair. Por seguir outro caminho.

Ás vezes ali aparecia ele no meio da produção a levantar a mão. Vinha cá ver como estávamos, dar um Oi. Contar que estava bem. Do que andava a fazer. Sempre que passava por ele na rua, aquele sorriso e aquele levantar a mão era certo.

Aqui na empresa não somos muitos. Somos família. Desde o início. Fui recebida assim há mais de doze anos. E continua-se a receber assim quem vem por bem.

O "Manelzinho" já cá não trabalhava há alguns anos. Mas foi da família. E ficou.

Hoje a empresa encerra para nos irmos despedir dele pela ultima vez. Todos. 

Mesmo que já não trabalhasse cá na empresa. Foi família. Esta empresa é isto.

Até sempre "Manelzinho"! <3

06
Ago19

Faceweek*

Maria

IMG_20190805_224426.jpg

IMG_20190805_224225.jpg

Alguns looks usados na semana passada. Tudo bem confortável. As calças brancas voltaram a servir o que me deixa bem contente.

IMG_20190729_215113_640.jpg

Continuo a ter devaneios deste género. Convidarem-me para jantar é um sim quase sem pensar. No caso, voltar a um sítio que gosto muito e para comer esta francesinha que é uma delícia estou sempre pronta. É uma daquelas facadas na dieta. Who cares? Soube-me pela vidinha.

IMG_20190801_214206_520.jpg

Continuo a fazer caminhadas, mas com muitas falhas. Há sempre alguma coisa que me atrapalha antes de ir e perco-me. Muitas vezes com as pequenas que querem brincar a seguir ao jantar e depois já não vou. Mas sempre que dá vou. Ali por entre a natureza caminhar, o pouco que seja vale.

IMG_20190805_102537_583.jpg

O pormenor da ultima manicure feita! Verniz da @Andreia nº 34!

Podem sempre acompanhar todas as novidades: 

01
Ago19

Desafio #quenuncanosfaltemsorrisos

Maria

Já sabem que um dos objectivos [de vida] do ano é sorrir. É sempre um lema. E isso vai ao encontro de todos os dias procurar sorrir mais. Há dois anos criei o desafio para partilhar com a blogosfera o #quenuncanosfaltemsorrisos. Correu muito bem. O ano passado voltamos a fazer. Eu gostei muito e o feedback foi positivo. Não tive tempo de avisar antes, mas chegou a hora de fazer este ano.

Foi em Agosto que criei pela primeira vez este desafio de fotografia. Adorei o desafio. Primeiro pela parte desafiante de todos os dias ter um motivo para fotografar. Depois as partilhas. Adorei. Vamos a isto?

 

#quenuncanosfaltemsorrisos

 

Cópia de Desafio 2019.png

 

 

Quem me conhece sabe que se há coisa que me define é o sorriso. Há sempre mil e duas desculpas para sorrir. E se às vezes faltam algumas, procura-se um novo motivo. Sempre tento passar esse "lema". Pessoas que sorriem são sempre mais bonitas. Digo-o sempre.

Ora Agosto está aí, continua a ser para mim um mês especial que me faz sorrir imenso. É o meu mês das férias, é verão, está calor. Esplanadas. Noites à conversa. Os amigos e a família voltam à base. Mais motivos para sorrir? Sempre se encontra um que seja. Em pormenores do dia-a-dia.

Eu vou começar o desafio hoje no primeiro dia de Agosto, com uma lista que junta o que me faz sorrir, mas para quem se quiser juntar e partilhar o desafio, não tem uma data especifica para começarem, comecem quando quiserem, juntem-se a mim e partilhem.

 

NÃO ESQUECER (para quem se quiser juntar a mim neste desafio)

  • Uma fotografia por dia;
  • Podem começar a partir de qualquer momento, para participar basta usar a hashtag #quenuncanosfaltemsorrisos numa fotografia;
  • Podem fazê-lo no Facebook, no Instagram ou mesmo pelo blog (se for no blog deixem o link). Convém que sejam perfis públicos, para poderem partilhar com quem se quer juntar e visto que o objectivo é mesmo o de partilhar com todos os participantes;
  • Utilizem apenas fotografias vossas. O desafio é mesmo esse, um motivo para vocês mesmos fotografarem.
  • O objectivo é ter um motivo para fotografar, podem usar uma fotografia antiga, mas evitem.

 

Divirtam-se neste desafio e sorriam muito. Esse é o meu objectivo com este desafio.

Sigam-me no Facebook e no Instagram para verem as minhas partilhas. Ao usarem a hashtag #quenuncanosfaltemsorrisos vou poder seguir também as vossas.

Bons sorrisos!

(quem se junta e quem partilha?!)

31
Jul19

Dias especiais ❤

Maria

Lomogram_2013-08-23_06-17-48-.jpg

 

Há onze anos que me és mais um pedaço também de mim, que te olho como sendo meu. Que te amo com todo o coração e mais algum, que te sinto saudade a cada dia. Que me orgulho do sorriso lindo que tens. Que me fazes apaixonar mais um bocadinho cada vez que me contas as tuas traquinices. Que me babo de orgulho a olhar para ti pelo menino amigo, educado, encantador, simpático e amoroso que te tornaste.

Estás um crescido. Eu uma tia babada. Queria dar-te o maior abraço até continuares a dizer "isso é um bocadinho chato" ou "já chega, não achas que estás a exagerar?". Continuo a acreditar que pode ser que um dia, os astros se cruzem e a gente comemore junto. Até lá, é como se estivesse aí do teu lado, cantei os Parabéns com o mesmo entusiasmo e os olhos ficaram cheios de ciscos. Tudo porque te quero o melhor do mundo.

Amo-te meu pequeno. Dez anos de ti. Como eu te Amo. Como te tenho saudade todos os dias.

Parabéns meu bem ♥ sê feliz meu {sempre} pequeno!

30
Jul19

Faceweek*

Maria

IMG_20190729_135900.jpg

IMG_20190729_135315.jpg

Alguns looks usados na semana passada. O vestido preto é a única peça nova. Foi comprado na @New Yorker. 

IMG_20190729_135932.jpg

Eu até comecei a semana a portar-me bem, com frutas e saladas (tirando os croissants pela manhã) e coisas que tais. Mas esbardalhei-me ao comprido no final da semana. Na sexta-feira tive uma festa de aniversário e mal cheguei antes de jantar receberam-me com caipirinhas e foi a desgraça a acabar ali naquele bolo delicioso de noz e chocolate. O fim de semana teve almoço de família com assados do forno a lenha (again mas em casa de outros tios) de anho, arroz e batatas que é só algo que me agrada mesmo muito. Uma desgraceira para a dieta. É que não tem sido um dia de asneira, tem sido muitas asneiras em muitos dias!

IMG_20190729_140447_905.jpg

O pormenor da ultima manicure feita! Verniz da @Andreia nº 114!

Podem sempre acompanhar todas as novidades: 

26
Jul19

Vamos tirar (quarenta e)uma fotografia?!

Maria

[imagem aqui]

Sinto-me bombardeada quase todos os dias por aplicações e afins sobre fotografias. Sobre redes sociais. Sobre a mais badalada - Instagram.

Que seca.

Tudo bonitinho. Filtro para aqui e para acolá.

Nada a ver com o meu instagram. Primeira devo ter sido das ultimas pessoas a abrir um instagram, resisti bastante mas depois lá abri, mas é exclusivamente para partilhar como já fazia no facebook, sem grandes elaborações. Fácil de ver. As minhas fotografias são as mais simples, sem filtros xpto utilizando apenas de quando em vez os básicos já pré-definidos, mas não mais além disso. Só uma iluminação aqui ou um contraste maior ali. Aplicações para escolher todas as fotos que publico? Mudar todas as fotos para o mesmo filtro só porque fica mais bonitinho? Ter uma aplicação para melhoramentos de cor, outra de sombras, outra que estica ou elimina não sei o quê. E depois no final o que resta?

Pode não ser bonitinho o meu instagram que não é. Mas também não vivo daquilo. Ainda não arranjei quem patrocinasse os meus snaks, mas já tenho quem me patrocina os pequenos almoços na empresa e é o que temos e é bem bom. Posto isto. Está cada vez mais seca isto do tudo perfeitinho tudo direitinho tudo mexido tudo rectificado.

Não quero com isto criticar quem pense trezentas e cinquenta e sete vezes como publicar uma fotografia com todas as alterações que tem que se lhe fazer, mas depois penso que aquilo é uma seca só de pensar que por exemplo estão de férias mas em vez de aproveitar a piscina perdem tempo a tirar oitenta e sete fotografias com o melhor ângulo só para apanhar a piscina. Depois enquadrar a paisagem, depois o melhor ângulo do sumo a apanhar as panquecas e um pouco do copo da companhia e no meio disto tudo muitas vezes quem apanha por tabela são mesmo as companhias. Ah por isso percebe-se porque tiro tão poucas fotografias ao fim-de-semana. Aquela coisa de aproveitar o momento ainda é o que me move, mais do que fazer os outros ver o momento que eu podia ter aproveitado mas fui desperdiçando em pedaços.

Uma que me acontece muito é no comer, mas só me lemro do final quase sempre que podia ter partilhado, mas já foi e o prato estava vazio. E depois também qual é o interesse de partilhar uma sandes de moelas? Uma bifana? Um arroz malandro? Um pão branco pela manhã com queijo?

Yeah mas a minha vida é assim, meio para o básica em fotos. Quem quer perfeitinho corre atrás dessa perfeição que não existe. Quando existe é trabalho. E a piada não é a mesma.

Continua a ser um bom trabalho. A gostar de ver. E a apaixonar-me por tantas fotografias com filtros, mas depois sem a lente aquilo que lá há é diferente. E não é deixarem de gostar disso e deixarem-se influenciar por isso. Mas é o deixarem de gostar do normal e do real que aborrece.

Aqui há uns tempos vi uma fotografia que falava sobre essa diferença, salvo erro do Manzarra em que a primeira era de um grupo de amigos a tirar uma fotografia todos certinhos e direitinhos e a outra fotografia era deles na boa como provavelmente estavam antes de alguém dizer "vamos tirar uma fotografia"?! Porque essa simples frase muda tudo. O sorriso, a pose, a expressão, o sentimento, a postura, a originalidade e a surpresa.

Quantas pessoas arriscam a tirar uma fotografia e a postar sem ver "defeitos" que tenha?

Longe vão os tempos dos rolos fotográficos...

(e eu fico sempre sem jeito de como tirar fotos, nunca sei onde pôr as mãos e quase sempre vão parar ao mesmo sítio, já pedir a alguém para me tirar fotografias está ainda a séculos de ser algo que me faça sentir à vontade)

De qualquer maneira, é notório. É por estas e por outras que, como vocês sabem, não sou e nunca serei uma Fashion Blogger.

23
Jul19

Faceweek*

Maria

IMG_20190723_003020.jpg

IMG_20190723_003231.jpg

Aqui ficam alguns looks usados na semana passada. A saia verde é das últimas compras que fiz e foi uma das peças com mais sucesso. Esta é a tal saia verde plissada da @Stradivarius que foi outra paixão à primeira vista, muito mais pela cor, mas que adorei assim que vesti (isto depois de procurar noutras lojas porque na primeira que vi de entre tantas de tantas cores que há, só existia uma verde tamanho XS! Consegui experimenta-la sem respirar). Mas fica bem, é super confortável e saí da minha zona de conforto ao usar saias com aquele tamanho que para mim nem é carne nem é peixe e que provavelmente já jurei que nunca usaria, no entanto já estou a morder o mindinho porque além de usar, gosto! Nada como experimentar. O top/blusa que estou a usar com os calções de ganga é das minhas preferidas dos últimos tempos, já foi comprado há dois anos mais ou menos, mas continuo a adorá-la como no primeiro dia. Houve uma altura, que simplesmente não servia, os botões quase não apertavam e ali na cintura onde se nota que ajusta não dava. Quando a consegui vestir novamente até senti um brilhozinho nos olhos.

No fim de semana anterior fui à cabeleireira, mas cortei só um pouco ao comprimento. Apesar disso partilhei esta fotografia nas redes sociais, no instagram do blog até apostas recebi e recebi tantas mensagens mesmo dos meus amigos pelo corte radical que acharam que fiz. Pelo menos fiquei a saber a reacção positiva quando fritar a pipoca de vez e cortar assim curto.

IMG_20190723_111919.jpg

Quanto à dita à la Maria leva cada facada que nem vos passa. Depois de um sábado perdida nas festas entre farturas e churros e ainda uma ida ao Mac, tive um domingo daqueles que parece que uma pessoa não se levanta da mesa em família. Ali bem a Douro com aqueles assados imperdíveis (e não dignos de uma qualquer dieta) no forno a lenha. Arroz maravilhoso, anho divinal e batatinhas de chorar por mais. Acompanhar um tinto maduro e fiquei ali top (pelas ruas da amargura quanto a descer umas gramas). Uma delícia de almoço.

IMG_20190716_214912_818.jpg

Mas as caminhadas continuam, com algumas falhas que isto é a realidade, mas lá me continuo a perder por estas paisagens ao fim do dia. E continua óptimo para o corpo e mente!

Podem sempre acompanhar todas as novidades: 

 

Sobre mim

foto do autor

Espreitem Como eu Blog

Sigam-me

<>

INSTAGRAM

<>

<>

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Sorriso desde 11/02/09

<>

<>

Twita-me

<>

<>

Pesquisar

Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2016
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2015
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2014
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2012
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2011
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2010
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2009
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D