Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

Campeão Europeu de Futsal

Um Portugal x Espanha (3x2) é sempre algo merecedor de ser visto.

E foi, sem duvida um grande jogo. Duas grandes equipas. 

Tiveram um dejà vu como eu quando o Ricardinho se lesionou e teve que abandonar o golo?

Até aos últimos minutos da segunda parte do prolongamento a sofrer mas também já merecia este grupo.

Parabéns PORTUGAL.

Parabéns CAMPEÕES da Europa de Futsal!

portugal_futsal_foto8051ea9f.jpg

 [ Fotografia Renascença]

Só uma coisinha...

O jogo ontem era da selecção. Da selecção de todos nós. Por acaso vi uma parte do jogo no shopping. Éramos muitos. Não sei,nem me interessa qual o clube de cada um ali sentado. Mas ao primeiro golo do André Silva ou mesmo ao segundo do Ronaldo (Que foram os que vi) o grito foi geral. Éramos, ou melhor somos todos selecção, independentemente do clube pelo qual vibramos. Agora vi as notícias da claque da selecção à chegada à luz. Ouvi inclusive os cânticos. As palavras dirigidas aos mouros. Que tristeza. Eu portista orgulhosa nada tenho a ver com este tipo de reacções. Acho tão estúpido quem não consegue ter sangue para separar as coisas... eu que quando vejo jogos junto à claque dos super dragões estou com eles de alma e coração não consigo entender que não se saiba diferenciar que ontem não era de clubes (deixemos isso para o próximo sábado), era dos maiores, da selecção de todos nós! Ainda há pouco ganhamos o Europeu e eu gritei desejei e abracei os meus amigos, "benficas" também. Era a selecção. Não entendo e acho que não quero entender estas reacções. Eu sou portista. E gosto imenso de futebol. E tão só por isso acho que o futebol merece respeito. Ontem era a selecção. E tudo o que leve a usufruir de estados para atacar outros não deveria nada ter a ver com o espírito de futebol.

Eu fico triste. Porque eu sou portista e não me revejo nestes actos. E se fosse ao contrário também os iria criticar.

A reter do Suíça x Portugal

Virou moda os jogadores pintarem o cabelo de loiro.

É preciso ter estilo para se pintar o cabelo de loiro e ficar com pinta. É preciso ter muito estilo para um Homem pintar o cabelo de loiro e mandar pinta (cada vez que vejo o Messi até se me reviram os olhos).

 [Fotografia partilhada pelo Quaresma da sua ida hoje ao Vaticano com um presente para o Papa Francisco]

O Quaresma tem estilo, o Quaresma até loiro manda uma pinta do caraças.

(só mesmo o [meu] ciganito para me consolar as vistinhas no jogo de ontem)

Ele também tem blog cá no Sapo. Sigam-no aqui.

(Suíça 2 x 0 PORTUGAL - 1ºjogo de qualificação para o Mundial18)

Euro 2016 - quando as imagens falam por si ❤

Foi um Europeu especial. Foi um mês de só dar futebol. Apetece ainda falar de futebol, mas muito mais que palavras, são imagens que nos ficam na memória. Para quem gosta de futebol. Para quem tem uma paixão pelo futebol. Para quem vibra, com o futebol. Sermos Campeões Europeus ainda torna tudo muito mais especial.

Aqui fica, uma montagem com alguns dos melhores momentos do Euro pela BBC. Foi emocionante... Foi lindo!

 

A grande Final - Euro 2016!

FB_IMG_1467331971945.jpg

 

Durante um mês, vesti mais que a camisola deste Euro 2016. Vesti a emoção de cada jogo, dos empates das vitórias. Sofri agarrada às minis e aos petiscos como não há memória. A bandeira sempre esteve na varanda desde o primeiro minuto, até o vento a levar, mas já lá está outra ainda maior. Emocionei-me com atitudes de quem veste a camisola mais bonita dentro de campo. Portugal. Portugal. Gritei vezes sem conta a cada passagem.

No dia de início do Euro deixei aqui a mensagem de apoio incondicional desde o primeiro minuto de jogo que jogássemos. Até onde desse e assim o fiz. Escrevi sobre este Europeu, sempre que jogamos e sempre que a emoção queria tomar conta de mim e converter em palavras e o que vai cá dentro. Mostrei que as mulheres também podem gostar de futebol, falar de futebol e trocar programas mais femininos por um programa que inclui futebol. Sem desculpas, puderam começar a saber os nomes de quem joga pela selecção sem ser o Ronaldo ou o [meu ciganito] Quaresma. O que é um fora de jogo, ou mesmo as tentativas de nos roubarem o sonho de chegar onde chegamos. Podemos não ter jogado bonito em todos os jogos. Podemos não ter ganho os jogos por goleadas, ou podemos ter passado a fase de grupos à rasquinha. Mas passamos sem ser levados ao colo e com penaltis roubados em três deles. Não precisamos que nos passem a mãozinha nas costas. Desde que toda a gente veja o que merecemos, está ganho. O que é preciso é estar do lado deles. Basta de treinadores de bancada, porque ninguém vai lá dentro e faz melhor. Aqueles são os escolhidos. Aqueles são o que podem fazer com que a gente sonhe. Sonhe muito. Isto é um sonho. De momentos. De momentos que vão ficando. Sem clubismos que tornam tudo tantas vezes difícil no futebol. Mas aqui é de braços todos numa só cor. PORTUGAL.

E se alguém viu o vídeo que publiquei no início do Euro, vejam este e tentem não se emocionarem como na Marcha inicial de uma Nação:

 

É a hora. Chegou a nossa hora. Estamos na final.  Eu acredito.

Confiança. Atitude.

Estamos juntos. Às 20h.

Força PORTUGAL

Euro 2016 (França) 10/07/2016 - PORTUGAL x  França (FINAL)

Euro 2016

Sim tem dado para reparar que ando a escrever muito sobre futebol. Mas as paixões são assim. Inevitável não falar. Não me deixar envolver. E o típico tuga deixa tudo para a ultima, sofre até ao fim. Mas, quando aquilo corre bem, arrebata cá dentro e tu gritas, saltas, emocionas-te e colas ali na tv com o coração aos saltos e uma alegria que te extravasa a alma. Não se explica mesmo, sente-se. Bebes cerveja como se não houvesse amanhã porque nem notas e o melhor mesmo é não ter petiscos perto, senão é juntar a fome de golos com a vontade de comer e arruma-se com tudo.

Antes mesmo de começar este Europeu, vi dos melhores vídeos sobre a nossa selecção, dos vídeos mais emocionantes e daqueles que "batem forte cá dentro" o qual partilhei aqui. O vídeo foi-nos chegado pela mão do Guilherme Cabral, que sinceramente desconhecia até à data e que acredito esse tenha sido um vídeo que fez o seu nome ficar no nosso ouvido. Cusquei outros mas como não jogamos na mesma praia (adeptos de diferentes clubes) os outros vídeos não me surpreenderam. No entanto tenho seguido algumas das suas palavras sobre futebol e nisto da selecção jogar, os clubes são postos de parte.

No jogo contra a Croácia, Renato Sanches foi eleito o melhor jogador em campo. Mais uma vez, não concordo com a Uefa. Para mim Pepe esteve extraordinário em campo, admito, mesmo eu antes do jogo, ao saber que Ricardo Carvalho não ia jogar, temi o pior. Mas Pepe esteve em grande. No geral, acho que a equipa sentiu a diferença com duas entradas, a de Renato e a de Quaresma. Renato é aquele puto a querer conquistar o mundo quando lhe dão a oportunidade. Falhou imensos passes, mas mexeu com aquele campo, deu dores de cabeça aos croatas e ajudou-nos a impulsionar o jogo lá para a frente, vê-se na jogada do golo. Quaresma tem nos pés a experiência e no corpo a garra e a paixão. Tudo aliado faz dele um jogador que marca a diferença. Gosto de o chamar de um jogador de raça. Porque assim que entra em campo mostra do que é feito dando o corpo às balas. Sempre fui uma "apaixonada" pelo Quaresma de outros carnavais e de termos em comum o amor ao mesmo clube, acredito. Mas gosto imenso de o ver sentir jogar na nossa selecção.

No dia a seguir, quando a emoção ainda estava meia acumulada lá dentro tropecei numa partilha do Guilherme Cabral no facebook sobre o Renato Sanches.

Acho que, para quem sente e gosta do futebol não deve perder as suas palavras. Sinto paixão nelas e isso é de partilhar. Porque quem gosta de futebol, é junto da selecção que conseguimos olhar todos do mesmo lado para o mesmo sentido.

"Olá Renato, (...) Ainda estás longe de ser aquele jogador que acerta 10 passes em 10.
Todos reconhecemos que a tua vontade de resolver por vezes é tanta que se vira contra ti.
Às vezes chegas a falhar passes que nem tu depois te reconheces mas tem calma... A experiência vai-te melhorar nisso. Estranho seria ver Zidane aos 30 anos falhar passes. Com 18 ele também os falhava. (...) Mas tu, puto? Tu tens mesmo qualquer coisa de especial aí dentro... Porque essa coisa que fez o terreiro do paço aplaudir-te quando te viu entrar, também foi aquela coisa que sentimos cá dentro quando pegaste naquela bola à entrada da área e arrancaste por ali fora...a respiração parou.."é agora".."vai puto".. Tu não viste, mas durante a tua corrida a nação sentiu qualquer coisa que fazia uns levantarem-se do chão, outros agarrar no braço do colega do lado... A alegria aumentava a cada passo teu, e no nosso olhar só pedíamos a Deus que desta vez não falhasses um passe tão decisivo...ninguém queria ir a pênaltis... Mas não falhaste. Meteste-a redondinha no Nani que, já sem forças, mandou uma bica na bola para Cristiano Ronaldo (que te a passou junto ao Rui Patrício e que naquele momento já ali estava pronto para finalizar!), até que na recarga Quaresma deu o golo que o povo merecia festejar...
Este golo, puto, foi daqueles que levou alguns as lágrimas...
"

Mais aqui.

E não Guilherme Cabral, não foste o único a sentir isso!

Euro 2016!

PORTUGAL

 

Agora que o S. João já passou, é tudo focado na selecção e que hoje se entre com a inspiração necessária para continuarmos na luta. Um jogo que não será nada fácil frente a uma Croácia que está pronta para nos fazer a vida negra em campo. Mas nós acreditamos. É o tudo ou nada.

Estamos juntos às 20h. Força PORTUGAL 

Euro 2016!

portugal.jpg

 

Na verdade aquele lançamento de microfone do Ronaldo foi apenas um aquecimento para o jogo que lhe valeu aquela assistência a Nani para golo e os dois golos um  (espectacular) de calcanhar e outro de cabeça que fez com que Portugal empatasse e fosse apurado para os oitavos de final.

Se estávamos à espera de uma vitória? Sim. Se estávamos à espera de testar tanto o nosso coração? Não. Mas até o nosso Presidente, Marcelo Rebelo de Sousa deu o ar da sua graça após o jogo na zona de "flash interview" e mostrou que não só percebe da coisa como sempre o demonstrou como vibra com a nossa selecção (assim como quebra protocolos).

Foi sofrido? Foi. Jogámos bem? Sim. Com falhas? Claro. Quem não?! O azar... o sempre falado azar... na verdade falhamos em alguns lances na defesa, mas os dois golos da Hungria não foram apenas por mérito próprio mas sim por desvios (que acontecem). Sim tivemos uns azares. E sim há muita coisa ainda a melhorar. Renato Sanches foi mais valia. Assim como sempre que o meu ciganito entra em jogo aquilo mexe. Mas que jogo. Seis golos. É muita emoção até ao fim. Estamos lá. Está feito. Siga!

(aqui sai aquele grito de Ronaldo)

Sábado estamos lá, frente à Croácia que mostrou contra a Espanha que não veio para brincadeiras. A ver vamos. O caminho é em frente.

Euro 2016 (França) - Hungria 3 x 3 PORTUGAL (3º jogo fase de grupos com passagem oitavos final em terceiro melhor do grupo)

SorrisoIncógnito

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em http://sorrisoincognito.blogs.sapo.pt/.

<>

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência! Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das minhas as quais identifico. Do mesmo modo, este blog respeita os direitos de autor,mas em caso de violação dos mesmos, agradeço ser notificada.