Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

O vestido (onde consegui entrar).

Depois de partilhar aqui o drama dos vestidos que deixaram de servir e dos quilos a mais, a um mês do casamento e depois no dia antes, partilho também aqui, depois de partilhar no facebook e no instagram o vestido em que consegui entrar e que era o mais improvável. É que não só tinha que entrar, como não podia também ficar com ar de "se respiras fundo o vestido abre por todo o lado Maria".

(a qualidade da foto não é a melhor) Adoro o modelo. Nunca tinha vestido do género e quando o vi antes de experimentar pensei não ser nada a minha cara. No entanto, já devíamos saber que ver uma roupa "pendurada" não tem nada a ver com vê-la no corpo. Já não é o primeiro vestido que no cabide não me parece nada de mais e depois de vestir amo. Este quando o vi nem olhei muito porque deduzi que não fosse nada para o meu corpo, até que foi mesmo uma colaboradora da loja que me disse se eu não o queria vestir porque ainda não tinham visto ninguém que assentasse bem. Confesso, tem que se ter curvas. No meu caso o rabo "kardashian" dá ali o toque final.

Este vestido já o tinha usado antes noutro casamento. Os sapatos foram também os que tinha comprado para ele:

 

20170517_120846.jpg

 

Compras online!

Se há coisa que procuro muito na internet é calçado e malas. Fazer o quê para estes gostos. Como já aqui referi mais que uma vez, a compra de 2015 mais acertada foram as sapatilhas (ninguém diria) e agora também incluo isso nas minhas pesquisas.

Encontrei recentemente a EscapeShoes, uma plataforma online onde vende calçado (e não só) de marcas bem conhecidas. E é Português!! Óptimo. Facilmente nos apercebemos até pelo comentários que são muito rápidos e eficazes no seu trabalho a satisfazer os clientes e na verdade cada vez mais o que procuramos é uma certa rapidez e satisfação nas compras que fazemos, muito mais quando online. Podemos receber os produtos em um dia útil e para qualquer dúvida até chat online temos. Os portes para compras acima de 50€ são gratuitos.

Na imensa variedade de calçado já me "babei" por alguns modelos entre eles as sapatilhas da Nike Air Max, as sapatilhas Sixtyseven, uns botins que para esta altura são a melhor opção, as Alpargatas Paez às riscas azuis, que além de giríssimas para a primavera que quando tal se aproxima são super práticas. E as Cubanas? Bem é melhor ficarmos por aqui e vão lá espreitar. Não se vão conseguir decidir só por um par. E eu que andava à procura de umas sapatilhas/botas para trail até quase me passavam ao lado - mas também lá encontro da Timberland lindas lindas. Homens abram o olho que por exemplo da Timberland tem calçado muito bom, já tem colecção nova mas ainda encontram boas promoções!

escapeshoes.jpg

e3.jpg

Só o facto de ser Português para mim ganha pontos.

Já conheciam? Gostam das minhas escolhas?

Podem ver mais aqui.

Não sou uma fashion blogger, nem de longe nem de perto, muito menos em calçado.

s17.04.jpg

Desde que um amigo tratou este género de calçado por "roda de tractor" não mais consegui olhar para umas sem me lembrar disso. Não é o meu estilo. Já vi algumas que escapam mas na maioria não gosto mesmo. Acho até grosseiro. E a moda veio e está para ficar. Só se vê disso.

Não sou uma fashion blogger, nem de longe nem de perto, muito menos em calçado.

Se fosse a sair com isto de casa só pedia que o bico encravasse com a porta e eu batesse com a cabeça. Só naquela de acordar para vida e calçar qualquer coisa de jeito. Pronto, gostos são gostos e não podemos gostar todos de "azul". E é por isto que não sigo modas. E muito mais por isto que nunca serei uma fashion blogger.

As mais novas aquisições!

Lomogram_2014-12-30_09-01-50-.jpg
Já algum tempo andava à procura de uns botins. Camel. Altos e confortáveis. Quando vi estes apaixonei-me. Comprei-os mais ou menos no início do mês. Foram a minha prenda de Natal. Estreei-os no dia de Natal. Adoro. No dia que os comprei tentei pôr a caixa debaixo do braço e entrar dentro de casa à socapa.

"Mais sapatos?"

I sapatos!

Aos quase 30

A propósito do artigo escrito pela Sónia Morais Santos, mais conhecida pela Cocó. Dei por mim a pensar, é pah isto realmente mais cedo ou mais tarde acaba por passar por todas nós mulheres e eu, eu que nunca pensei dizer isto ou melhor, sentir isto na pele, agora nos quase trinta, mas não que ache que a idade tenha a ver com isso mas sim mais o amadurecimento de ideias, digo que adoro sair de sandálias rasas ou mesmo de sabrinas, sim já me habituei e acho o máximo. São igualmente femininas e não tem que ser olhadas de lado. Eu adoro salto alto, bem altos, que sejam confortáveis dentro dos possíveis claro, mas que me veja a andar em cima deles um bom tempo. A verdade é que muitas vezes acontece as noites prolongarem-se por mais umas horas e a coisa tende a piorar, é como a Sónia diz, o sorriso começa a ser esboçado mais contraído, o abanar da anca desce de intensidade e a tendência a querer sentar-me ou mesmo sorrateiramente debaixo da mesa tirar um bocadinho o pé de dentro dos sapatos faz parte. Aliás nesta altura, de verão, não há nada mais confortável que uma sandália rasa gira no pé e aí vai ela. E desce e sobe escadas e anda a pé e entra no carro e sai para as ruas em paralelo e esta a dar á soleta porque até está um bocadinho atrasada e nada como ter como aliadas umas rasas ao invés do salto.

Verdade seja dita, lá de cima, tudo tem outra vista, mas cá em baixo não tem que ser necessariamente mau, a perspectiva é apenas diferente, não necessariamente indiferente.

SorrisoIncógnito

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência! Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das minhas as quais identifico. Do mesmo modo, este blog respeita os direitos de autor,mas em caso de violação dos mesmos, agradeço ser notificada.