Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

Da Casa dos Segredos_3 #12

Não há pachorra para os ciúmes da Tatiana. Eu sei que também já brincaram muito com ela, já a puseram a chorar muita vez, mas... Está num jogo, entrou para ali a saber que ia jogar e já viu nas edições anteriores que ali vale tudo. Ela não foi às cegas! A voz é soberana e é ela quem manda, logo já se sabe que ela está lá é para os pôr à prova. Voz manda Rúben jantar com Alexandra, ok que é a Alexandra e ela parece que tem vontade de saltar a todos, mas a Tatiana precisa de dizer todas aquelas barbaridades ao Ruben? Tipo vai lá ficar cheirosinho para a tua amiga?! Precisa de lhe dizer de um ao cento e de o tratar como se ele tivesse alguma culpa? Ou de aprumar aquelas trombas de quem lhe tirou o brinquedo?

Eu tenho alergia a pessoas demasiado ciumentas. Aquelas que ultrapassam limites. Urticária que dá dó. Fujo a sete pés. Se calhar sou só eu mas pronto. Experiências.

When I say "i'm confused" and in reality I think "Fuck I'm really confused but i know what this mean"!

Nenhuma pessoa é nossa. Não se compra ninguém, no entanto é o MEU amigo, o MEU namorado, o MEU marido. Diz-se. Identifica-se uma posse qualquer.

A partir de um certo momento, psicologicamente forçado ou não, que adquirimos o sentimento dessa hipotética posse, o nosso íntimo reage a certas situações. É exactamente nessas situações que se devem tirar as próprias ilações, do que se quer ou não, do quanto se gosta ou não, do ser amizade ou não.

Ciúmes

Tenho exemplos demasiado perto e reais que me assolam a alma e me tiram a capacidade de tentar ver que as coisas podem ser diferentes. Homens ciumentos dão-me tanto medo que é inexplicável. Não é que eu não acredite que possam mudar ou que o ciúme seja algo que nunca passará a violento, até posso acreditar, só não consigo dar a hipótese de que isso não passe de uma mera probabilidade. Assusta-me.

Urticária na blogosfera

Ainda não consegui perceber estes ciúmes, invejites agudas e picardias (e também aqueles comentários de anónimos a tratar mal, sim se tratam mal são anónimos, anónimo deve ser giro) que existem entre a blogosfera! Ou mesmo os plágios (coisa mais parva), desde aqueles perfeitamente escarrapachados aos que optam mais pela (in)discrição. Isto é um mundo tão grande, não há espaço para todos?

[para isso já temos "the real life"!
aqui devia ser tudo boa onda...]

Não foi por falta de vontade…

Esta noite estive vai e não vai para baixar ao nível de um morador da rua de baixo… Eu até tolero barulho à meia-noite, mas de domingo para segunda às duas da manhã, falar alto e bom som não é coisa que se possa tolerar muito menos quanto é para agredir verbalmente a mulher! Há palavras que magoam muito mais que uma carga de pancada e não deixam marcas visiveis aos olhos dos outros! Raios o partam! Já é mau discutir, mas estar aos berros para meio mundo ouvir as baboseiras daquele homem é repugnante.

Falar fala-se quando cai para o nosso lado é que pinta o carago…

Eu ciumenta? Não, nada disso só qb… Eu pensar no que quer que seja por estar longe? Não, nada disso, tem que se confiar, tem que se acreditar… Fazer filmes? Não, nada disso quando muito traillers só! Blá blá blá… Conversas… é tudo muito bonito mas quando é connosco, Ups! que isto não é bem assim…

SorrisoIncógnito

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência! Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das minhas as quais identifico. Do mesmo modo, este blog respeita os direitos de autor,mas em caso de violação dos mesmos, agradeço ser notificada.