Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

Faceweek*

Aqui ficam alguns looks que usei. De verão ando o mínimo de calças de ganga. Opto mais por vestidos e sou adepta de calções. Nada mais confortável e prático para o dia a dia.

 

Como podem ver, voltei às tranças que adoro. Também muito prático para usar principalmente nestes dias de calor.

A manicure da semana, cuja cor adoro:

Podem sempre acompanhar todas as novidades pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito

Faceweek*

Esta é a primeira "Faceweek" do ano.

face1.jpg

face2.jpg

 

Alguns looks que tenho usado. E bem variados. Se bem que com o frio que tem estado não tem dado para abusar nem dos vestidos, nem dos calções como gostaria. Os looks são todos descontraídos.

cabelo

O meu cabelo. Quem me conhece sabe que adoro o meu cabelo comprido. Tenho alguns cuidados até porque não sou amiga de visitar muito as cabeleireiras. Ele não é assim tão liso como parece, mas facilmente consigo estica-lo, sem placa. Ultimamente fiz umas madeixas ombré-hair (já por duas vezes), para dar umas luzes ao cabelo. Não quis mudar a cor da raiz e como ele já tinha uns tons mais claros naturais, a meu ver a combinação ficou boa.

porto

Tem estado muito frio, é certo. Aqui no Norte as manhãs e as noites estão com temperaturas de bradar aos céus, a sorte é que pelo menos está sol e dá para uns passeios. O meu Porto continua a ser um lugar que adoro para andar a pé.

 

Mais pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito

Faceweek*

faceweek21.11.jpg

Alguns dos looks usados nestes últimos dias. Detalhes, padrões, vestidos, casacos quentinhos. Tons escuros. E preguiça no trabalho. A manicure desta semana (help me sim tenho uma minnie, o que não aguento por ser cobaia). O anoitecer no trabalho. Não gosto nada deste horário de inverno e de sair do trabalho já de noite. Descafeinado (sim, não tomo café) para começar uma nova tarde de trabalho. O prato principal de mais um jantar delicioso que tive com a minha melhor amiga no restaurante "o Engaço" (um dia faço um post sobre esse restaurante) que é do melhor. Polvo tipo à lagareiro. Estava divinal. E foi apenas uma parte do todo maravilhoso que foi o jantar. Profiteroles algures no Norte Shopping depois de um dia de passeio no Porto que a mami fez anos e decidiu onde queria ir. Eu apenas a levei. O domingo foi dia de reencontrar família para comemorar o aniversário da Mãe, no Douro. Não podia faltar o arroz no forno a lenha, com o anho e a batata assada. Uma ementa deliciosa na melhor companhia, no meu sitio do coração. Um look de um vestido da Primark, simples e confortável e a amostra do meu cabelão neste momento. Está a precisar de ir ao corte. Um dia destes.

Mais pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito

A juba da Maria levou um corte.

Passado um ano a juba da Maria voltou ao corte. E pouco! As cabeleireiras definitivamente não têm sorte comigo.

Como já tinha referido a minha cabeleireira de sempre e amiga, foi há uns anos para a Suíça e desde então as minhas idas à cabeleireira só pioraram. Agora consegui finalmente engraçar com uma que parece gostar quase do meu cabelo tanto como eu e eu gostei, tenho gostado de lá ir e pasmem-se já fui arranjar o cabelo só porque sim. Ela é muito despachada e em três tempos tou pronta, mal tenho tempo de alapar o rabo na cadeira.

Na quinta-feira, também depois de tantos anos sem mexer na cor do meu cabelo e agora após o verão que ele está mais claro, fiz tipo umas madeixas "ombré hair", não quis mexer na cor do cabelo nem raiz e gostava de lhe dar mais umas luzes claras para experimentar mas que ficasse muito discreto e um aspecto mais natural, visto que já o meu tom natural é bem mais claro nas pontas. Isto de não fazer nada há muito tempo também não me dava confiança para mudanças radicais. Mas adorei o resultado.

IMG_20160916_112140.jpg

IMG_20160917_011055.jpg

A reter do Suíça x Portugal

Virou moda os jogadores pintarem o cabelo de loiro.

É preciso ter estilo para se pintar o cabelo de loiro e ficar com pinta. É preciso ter muito estilo para um Homem pintar o cabelo de loiro e mandar pinta (cada vez que vejo o Messi até se me reviram os olhos).

 [Fotografia partilhada pelo Quaresma da sua ida hoje ao Vaticano com um presente para o Papa Francisco]

O Quaresma tem estilo, o Quaresma até loiro manda uma pinta do caraças.

(só mesmo o [meu] ciganito para me consolar as vistinhas no jogo de ontem)

Ele também tem blog cá no Sapo. Sigam-no aqui.

(Suíça 2 x 0 PORTUGAL - 1ºjogo de qualificação para o Mundial18)

Não sou uma fashion blogger, nem de longe nem de perto, muito menos em... cosmética.

Devo ser das únicas pessoas que, ao ir ontem à Expocosmética suspirei mais vezes para me pirar dali. É tudo muito bonitinho querer ver as exposições, demonstrações e tudo e tudo. Mas estava um calor incomodativo e demasiada gente por metro quadrado. Não se consegue ver nada em condições, não percebi quase nada do que falavam aos microfones. Despachavam publicidade como quem tenha demasiado papel para dar. As pessoas atropelavam-se e não há ligar para um "com licença" ou mesmo "desculpe". Cada vez mais se nota a influência que tem os blogs no mundo da moda e do fashion style. Sorri quando cheguei à porta de saída. Valeu por ter tido convite. Caso tivesse pago para entrar, cortava os pulsos antes de chegar à saída.

Ponto positivo: A parte para mim mais fashion, é a dos cabelos. Vê-se estilos muito originais, malucos, inovadores. Cabeleireiros com muita personalidade e estilo próprio.

Ponto negativo: Excesso de pessoas. A parte da manicure entrou num exagero que me dá confusão. E dó.

Mas essa é a minha opinião que vale o que vale e que todos sabem - Não sou e nunca serei uma fashion blogger muito menos em cosmética.

O meu cabelo e os cuidados a ter.

 

Eu adoro o meu cabelo e muitas vezes perguntam o que faço ao meu cabelo para ele estar tão comprido e saudável. Principalmente depois de já lhe ter feito trinta por uma linha e ele sempre se manteve mais ou menos o mesmo. Já usei mil e uma cores, o tamanho é sempre mais para o comprido. Adorava conseguir dar-lhe o corte que queria, mas era coisa se desse para usar umas semanas e depois voltar a este tamanho. Mas parece-me uma tarefa difícil. Neste momento está mesmo natural, não tem pinta de tinta visto que não o pinto há séculos mas não tem uma cor uniforme porque nunca teve, na fotografia não se consegue ver bem, mas ao sol, ele tem umas madeixas bem mais claras e as pontas são também elas mais claras que o restante cabelo. Sempre foi assim ao natural. Mas agora queria mudar-lhe algo. Ainda não sei bem o quê.

Quanto a cuidados... um dia destes partilhei no facebook e instagram, agora partilho por aqui... bem eu não sou a típica mulher que adora ir à cabeleireira. Muito pelo contrário. Evito ao máximo, vou sempre contrariada e quando é extremamente necessário. Não tenho paciência. E então não me imaginam quando eu o pintava. Aquilo só não era um martírio porque a cabeleireira era uma amiga e aquilo parecia passar a correr. No entanto sempre tentei ter cuidados com o meu cabelo, devido ao tamanho e porque como tenho ali uma "pedra no sapato" aka tiróide que me faz perder imenso, há cuidados banais que me habituei e não dispenso. Por exemplo um deles é a máscara. Sempre uso máscara no cabelo e evito lavá-lo todos os dias. Tento sempre secá-lo, se não for totalmente pelo menos na raiz para não ficar tão frágil e mais propício a quebrar. O Shampoo tenho que de quando em vez variar, o meu cabelo quando se habitua demasiado ao shampoo não fica tão bonito. Mas gosto da gama da Elvive. Neste momento, apesar de não ter cabelo pintado uso para cabelo pintados, porque acho que é o que me deixa o cabelo com mais brilho e um melhor ar. Assim como a máscara. Sempre e desde há muito tempo uso a da L’Oréal Profissional de preferência a Lumino Contrast Expert caso não tenha pode ser a Vitamino Color Expert. Ambas muito boas, a primeira para madeixas e adoro-a porque é mais forte no cabelo, mais espessa a outra é para cabelos pintados. Já experimentei outras máscaras mas nunca consegui encontrar uma que me deixasse tão satisfeita como esta, apesar do preço ser mais caro (btw conhecem sites online de confiança em que se consiga preços mais acessíveis nesta marca?), um boião dos grandes mesmo no meu cabelo tão comprido dura-me imenso. Lembrem-se chegar nas pontas. Com o comprimento do meu uso um pouco mais acima das pontas mas nunca perto da raiz. Uso também um sérum alisador com termo activador de fortalecimento com queratina para usar nas pontas quando estico o cabelo, devido ao calor dado pelo secador nas pontas, sérum Gota Dourada. Raramente uso placa. Evito ao máximo, usei duas ou três vezes desde que tenho a minha à cerca de três ou quatro anos. Acho que é o procedimento que mais estraga o cabelo, nomeadamente as pontas. Sendo o método mais usado nas mulheres me parece. É mais usual eu esticar o meu cabelo, porque apesar de estar bem comprido em cinco minutos estico-o.

Como já disse no início raramente vou à cabeleireira e isso também se aplica ao quanto corto o meu cabelo. Não gosto nada de o fazer e tão por isso poucas vezes o faço. Sim dizem que se deve cortar regularmente, mas as minhas pontas, não sei se devido aos cuidados que tento ter com ele não se estragam muito rápido. A última vez que fui à cabeleireira foi aqui e adorei. No entanto já foi à seis meses (nota-se que as pontas já não estão muito certas) e à pala de também ela ter fechado o salão e como nem de trocar de cabeleireira gosto não mais pus os pés numa. Tenho que encontrar outra, já que a minha preferida foi para a Suíça e quando cá vem traz-me chocolates mas não me corta o cabelo.

Eu até gostava de fazer um corte curto. Os 30 já eram e a ideia sempre foi essa, mas depois... depois lembro-me que ele fica lindo esticado, mas aos caracóis também, ou com apanhados, com um simples rabo de cavalo ou mesmo com tranças que tanto gosto. E a ideia passa-me.

A juba da Maria levou um corte.

14.09.jpg Se há alguém que não ganha dinheiro com a Maria são as cabeleireiras. Não tenho pachorra e se há coisinha que me deixa mal disposta é cortar o cabelo. No sábado, dez meses depois (!!!), voltei à tosquia. Mal entrei no salão a cabeleireira disse logo "já sei só as pontinhas" ao que respondi, "não, desta vez um pouco mais". E pronto aquilo deu cá dentro um nó mas já está. Está comprido na mesma, ainda assim bem mais curto (só de me lembrar das minhas tranças até me dá um malzinho).

SorrisoIncógnito

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência! Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das minhas as quais identifico. Do mesmo modo, este blog respeita os direitos de autor,mas em caso de violação dos mesmos, agradeço ser notificada.