Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

Acreditar! Acreditar! Estamos juntos ou não, car@lho*?!

portugal10.07.jpg

Ninguém disse que ia ser fácil. Ninguém. Ninguém estava a pensar na hipótese de Cristiano Ronaldo se lesionar aos oito minutos por uma falta que nem foi assinalada, tentar jogar e não conseguir, Chorar em campo, sair para ligar o joelho e entrar novamente em campo e ver na sua cara o esforço de querer tentar mas não conseguir. Sentar-se novamente no chão pedir a  sua substituição em lágrimas e sair em maca. Ninguém imaginava esse cenário. E foi aí que me emocionei agarrando ao cachecol e pedindo para ser aquele o nosso maior incentivo.

Ali parou tudo. França, somos nós que jogamos nojento?

A passagem de braçadeira para Nani, o incentivo de Ronaldo e  a determinação de Nani a pedir força a todos.

Foi naquele momento que soubemos que tínhamos que ser superiores. E acreditar sempre. Entrou o meu Quaresma, e eu sei que ele preferia estar no banco a ter que entrar para substituir Ronaldo por uma lesão. Mas o agora ali tinha que ser. E tinha que mostrar a raça e orgulho que tem de ter "aquele lugar". Mais que vencer, começava ali a sede de justiça para com o que tinham feito ao nosso menino, ao nosso capitão.

A equipa uniu-se. Sacrificou-se e deu tudo. A vontade de ganhar estava em cada rosto e nas luvas de Patrício.

Quando Eder entrou, chamando-lhe eu o destrambelhado  foi o assumir de qualquer forma que ele ia desestabilizar e podia ser ali "a" diferença.

Confesso, não fui das que mais aplaudiu Éder ao ser chamado à selecção. Mas hoje ele foi quem nos deu a tamanha alegria e orgulho da vitória! Está de Parabéns, mais que merecido.

Foi uma caminhada complicada, cheia de marés contra. De fora e de dentro. De tanta e tanta critica ao capitão que acho que aquela imagem já no final do jogo  de Ronaldo a par com o Fernando Santos no incentivo aos jogadores foi a chapada para tantos críticos. Ronaldo deu o que tinha a dar  mesmo que em algum momento não tenha sido aquilo que queríamos. Mas mais do que ninguém acredito que tenha sempre tentado dar o seu melhor.

Tivemos uma imprensa internacional que não podia falar pior de nós. Tivemos França que nos criticou tão negativamente que fez os nossos milhares de emigrantes se revoltarem. A vitória era a chapada de luva branca que precisávamos. E foi.

Estou tão feliz. Tão orgulhosa.

 

 

 

Há uma emoção que nos transborda a alma. Que ficará na nossa história. E na história de um País, que mostra, na união, confiança e atitude, uma nação valente.

Que orgulho! Merci!

* CAMPEÕES, CAMPEÕES! NÓS SOMOS CAMPEÕES *

* do "verbo" sa'foda de Cristiano Ronaldo

Euro 2016 (França) 10/07/2016 - PORTUGAL 1 x 0  França (FINAL)

França,

o resumo de um Europeu, da vossa frustração, a Torre Eiffel não vestir a cor dos campeões.

O vosso mau perder...

quaresma.jpg

 

SorrisoIncógnito

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência! Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das minhas as quais identifico. Do mesmo modo, este blog respeita os direitos de autor,mas em caso de violação dos mesmos, agradeço ser notificada.