Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

Exercício físico vs #MariaTexuga (balanço 1Ano)

- Emagreceste?

Não! Peso mais!

- Mas isso é massa muscular.

Tretas! Parece que vejo mais celulite por todo o lado e os quilos na balança não param de aumentar, uma pessoa não está psicologicamente preparada para isso, por isso não me venham com a conversa que seja massa muscular. Bahhh

E assim se passou um ano. Sim, comecei esta aventura de exercício físico há um ano. E desde então não voltei a ser a mesma. Dar a mão à palmatória. É o ter que ser. Eu que sempre pensei nitidamente que duas/ três aulinhas era na boa depois cansava-me daquilo. Que no verão até que ia ser mais ou menos mas depois de inverno ia encontrar mil e duas desculpas para ficar alapada em casa. Nada disso. Agora olho para trás e gosto imenso daquilo que mudou (menos o aumento de peso). A determinação em mim. A vontade de ser capaz. A socialização. Todo o conjunto.

Continuo a perguntar-me vezes sem conta onde estava com a cabeça quando decidi entrar nesta aventura. Continuo a resmungar sempre que vou, sempre que a aula é mais puxada, sempre que chego a casa toda partida. Continuo a tentar arranjar mil e duas desculpas para não ir mesmo que quando tenha que faltar já sinto negativamente a coisa e fico triste(!!!). Continuo a ter dias que a dor nas pernas faz parecer que sou malabarista. Continuo a ter dias que quando espirro parece que parti tudo lá dentro. Continuo a ter dias que mal consigo chegar com as mãos às costas para desapertar o sutiã semelhante são as dores nos braços. Continua tudo, mas nada me faz desistir. Para já a vontade é de continuar. De continuar a evoluir, de ser mais capaz, de ter aquele tempinho para deitar cá para fora tudo sem pensar em mais nada.

"Gosto quando a professora me diz que se lembra de eu não aguentar quinze segundos em prancha. Noto que já evolui alguma coisa e que o modo preguicite começa a dar a parte fraca, no entanto há tanto para fazer, tanto para melhorar(...)", disse eu no primeiro balanço que fiz. Evoluir foi a palavra certa, visto que na gala de Óscares do primeiro ano, fui galardoada, miss Evolução!

miss.jpg

Agora? Agora é apenas continuar. Não vale desistir.

Sim confirmo, este texto foi mesmo escrito por mim, #MariaTexuga como todos os outros, esta que não é nem nunca foi (provavelmente nunca será) uma fashion blogger.

Desafio 52 semanas | Semana 20/52

Semana 20: Fico de mau humor quando?

 

Acordam a falar alto - Eu até tenho um bom acordar, principalmente quando menos durmo, é verdade. Mas detesto que me acordem mal dispostos, aos berros, a falar demasiado alto e sisudos.  É coisa, para me passar o mau humor.

Me desiludem - Quando alguém que me é importante me desilude baixa em mim um mau humor que nem é bom. Tudo porque em vez de rodar a baiana, bater o pé e mandar pastar, guardo tanto do muito para dentro. Logo o mau humor sobressai.

Se atrasam - há atrasos aceitáveis. Mas quando marcam comigo e se atrasam demasiado, não estão naquilo com a mesma intensidade que eu, há desculpas que resolvem e aceitam, outras que nitidamente se evitam.

O que faço por alguém não tem valor - Sou das pessoas mais amigas que podem ter. Podem perguntar aos meus amigos de verdade. Porque dou, porque estou lá, porque faço mesmo, só se não puder. Vale para a família, ou seja para os que me são mais na vida. E quando sinto em alguma coisa que não lhe deram o valor que eu dei, amuo. A sério. Há um mau humor cá dentro inevitável. Mais uma vez, sou capaz de não dizer nada, guardar. Mas quem me conhece vai perceber.

Esticam a corda - Confesso, cada vez sou mais directa, mais So simple, mais "fria" com as pessoas. Quando gosto nota-se, quando não gosto nota-se ainda mais. Deixei de me importar com muita coisa, o ignorar é apenas um ponto "a favor" do mau humor que me fazem sentir e porque não vale a pena mostra-lo, ignoro.

#52semanas

E vocês, o que vos desperta o mau humor?

Desafio: TAG 25 perguntas aleatórias

Desafiada pela JP do blog O Mundo pela minha lente, cá vão (com algum atraso) as minhas respostas ;)

hqdefault.jpg

 

 

  1. Com o que é que não podes sair à rua sem?

Cuecas. Há muitas mais coisas típicas tipo telemóvel que também não posso, mas já saí e não morri. Agora sem cuecas sou capaz de ter um treco. Digo eu, que nunca fui arejar assim...

  1. Qual a tua marca favorita de maquilhagem?

Vocês que sabem que eu não sou e nunca serei uma Fashion Blogger a sério que querem mesmo que eu responda?! Ainda me sai uma marca que nada tem a ver com maquilhagem!!

  1. Qual a tua flor favorita?

Estrelícia.

  1. Loja de roupa favorita?

Não consigo ter uma loja de roupa favorita. Por exemplo quando vou a um shopping entro sempre nas típicas, Zara, H&M, Stradivarius, Berska, Pull & Bear, Primark...

  1. Perfume favorito?

Facílimo, CH vermelho da Carolina Herrera.

  1. Saltos altos ou sapatos rasos?

Saltos altos. Adoro. No entanto cada vez menos os uso (porque será?!). E tornei-me uma apaixonada pelas adidas.

  1. Cor favorita?

Preto e branco. Mas depende tanto em que contexto. Sei uma cor que não gosto nada. Lilás.

  1. Bebes bebidas energéticas?

Red Bull muito de vez enquanto. A JP respondeu chá preto, também conta?! :)

  1. Qual o teu hidratante corporal favorito?

Gosto de um da Yves Rocher e outro da Garnier.

  1. Pretendes casar-te?

Não.

  1. Irritas-te facilmente?

Se já houver ali alguma má disposição não é difícil. Caso contrário não.

  1. Róis as unhas?

Não.

  1. Já estiveste perto da morte?

Sim. Na infância. Embora só me tenham contado da história já em adulta. Devido a essas "braseiras" que se fazem em sítios fechados.

  1. Onde estavas há 3 horas?

No mesmo sítio onde estou agora. No trabalho.

  15. Estás apaixonada?

Sou uma eterna apaixonada. Pela vida.

  16:Qual foi a última vez que foste ao shopping?

Praí no início do mês. Mas no fim-de-semana estive na Rua de Santa Catarina e fui ao Via. Conta?! :D

  1. Viste algum filme nos últimos 5 dias?

O que não me tem faltado são filmes por aí. Daqueles que não interessam a ninguém. Já dos que interessam na tv/pc/cinema nenhum.

  1. O que tens vestido?

Macacão/Jardineiras, camisola e sapatilhas.

  1. Última coisa que comeste?

Torresmada. Foi o almoço.

  1. Qual o teu animal favorito?

Cão.

  1. Quais seriam as tuas férias de sonho?

Em boa companhia. Sol. Natureza e mar.

  1. Quais os teus planos para hoje à noite?

Hoje há jantarada de amigas. Faz um ano que comecei a aventura da #MariaTexuga vs exercício físico.

  1. O que estás a ouvir de momento?

Rádio Comercial e toca Stolen Dance - Milky Chance. Mas posso confidenciar que ultimamente rola muito esta. Porque será?! :D

  1. Coleccionas alguma coisa?

Gosto de guardar bilhetes e coisas que tais de onde vou.

  1. Comes fast food ?

Sendo eu uma #MariaTexuga assumida, fast food também faz parte. Claro está.

 

E os nomeados para responderem às perguntas são:

Para continuar a actualizar o sítio - m-M; e sorrisos que mais cá têm passado JB; Just Smile; Chic'Ana; Vanessa; Mundo a meus pés; Joana, Carolina CruzGreen Eyes e quem quiser esteja à vontade.

Love On Top!

No início cusquei aquilo como qualquer outro reality show. Não percebi patavina da coisa e fui à vidinha, num zapping voltei a dar caras com aquilo numa altura em que deu para entender tudo. O "badboy" e o "misterioso" fazem as delicias de todas as mulheres. O "badboy" come-as a todas e elas não se sentem enganadas, ele é o playboy logo deve ser o melhor. Há que atacar, ou deixar ser atacada. Ele tem sempre razão em relação a tudo o que outra mulher possa vir "aconselhar" sobre ele. Até porque mulher fala mal de mulher. Todas. Uma ou outra vez. Não se gramam, quase se matam, mas há sempre uma altura em que trocam duas/três palavras; "amiga", "gosto de ti", "cabra".

Todos foram à procura do amor, nada de sexo. Sexo só com sentimento, nem que seja daquele que mal acaba a coisa, sacode pro lado e vai contar a toda a casa o que fez. E reparem cá fora todos são quase de primeira viagem e não querem passar imagem daquilo que não são!! "Salva-se" a que entrou logo a dizer que era stripper e que não é nada pudica, mas que passado uns dias apaixona-se...não pelo "badboy" mas pelo "misterioso".

Aquilo chama-se "Love on top" e o casal que se apaixonou a sério (dizem) foi expulso.

Refostedo é o que é.

É basicamente isto.

Desafio 52 semanas | Semana 19/52

Semana 19: As minhas séries preferidas...

 

Criminal Minds - Pelo tipo de série que é.  Pelos casos. Pelas histórias de cada um. Pela equipa. Muito pelo Shemar Moore. Pelo suspense. Pelo poder criminal que cada um tem dentro de si. Por tentar perceber tantos casos que retratam realidades criminais que me roubam a atenção. Não vejo há imenso tempo e vou ter que actualizar temporadas. Mas foi sempre a série que mais gostei.

CSI - Talvez por ser do mesmo género. Gosto das investigações. Dos cenários. Do suspense.

NCIS - Dentro do mesmo género mais ou menos, mas neste caso ligam apenas com crimes ligados à Marinha. Com personagens que adoro como o Gibbs, aquela picardia entre Dinozzo e Ziva, a Abby.

NCIS - Los Angeles - Derivada da NCIS, que conta com o agente especial O'Donnell e a nossa querida Daniela Ruah.

E ficamos por aqui, porque neste momento ando a leste de séries. Não tenho acompanhado nem uma. Uma tristeza. Mas dá para ver qual o tipo de séries que me capta a atenção, certo?!

#52semanas

E vocês, partilhem comigo, qual a vossa série preferida?

Corrida da Mulher - Porto.

Faz hoje uma semana. Não consegui falar sobre isto antes, mas tenho que falar. Eu Fui. Pela primeira vez inscrevi-me e fui. Quando me falaram disse logo que sim. Mas atenção, alto e pára o baile, caminhar. Tudo porque vocês sabem, não sou nem nunca serei uma fashion blogger e tal por isso, eu e "running" temos pouco em comum. Mas fui. Sem desculpas, ou com mil e duas desculpas para ir, incluindo a solidária. Com vontade de abraçar algo novo. Nunca tinha participado em algo do género. A primeira "chamada" veio da professora de ginástica, como não podia deixar de ser e acho que ela mesma não acreditou até me ver no ponto de encontro do passado domingo às sete da manhã. Sim. Madrugamos. Mesmo eu, depois de uma semana que não foi nada fácil, depois de uns dias adoentada, depois de um sábado no stop, às sete da manhã estava no local combinado. Éramos vinte e sete. Um bom grupo. E fiquei ainda mais orgulhosa. É bom aderir, juntar exercício físico a socializar é óptimo e chego a arrepender-me de não ter feito antes algo do género. Adiante. Fomos todas de comboio. A adrenalina é outra, a disposição e o convívio. Já perto do Porto parecíamos sardinhas enlatadas. Devia ser proibido deixar entrar tanta gente num comboio. Isso e pagar bilhete por um serviço sem condições. Mas nem isso nos tirou a boa disposição. Chegamos à beira do grande estádio do Dragão a tempo e horas para a corrida. Só mulheres. Tanta mulher junta. Aquilo nunca mais parava de chegar. O meu número de inscrição ficou ali rés-vés campo de ourique dos 25000. Só para terem a noção. Eu sei que pessoas há que se inscreveram e não foram, mas também se via muita gente com camisolas do ano passado e coisas que tal. O percurso era ali do Dragão a terminar nos Aliados. Correu muito bem. Com muito boa disposição de toda a gente mas principalmente do nosso grupo. Fazia na boa bem mais, só pelo quanto valeu a pena. Pelo caminho encontras pessoas a bater palmas, a puxar por nós, música, animação, pessoas com cartazes na janela e o tão bom "Biba às mulheres carago"!

Missão cumprida quando chegamos aos Aliados. A fazer festa, sempre com um sorriso e com vontade de fazer mais.

Experiência a repetir, sem dúvida :)

IMG_20160515_103945.jpg

IMG_20160515_113513.jpg

IMG_20160515_113858.jpg

IMG_20160515_194727.jpg

(Kit Corrida entregue - T-shirt da imagem e pulseira rosa e ainda um boné rosa)

 

Constatação *130*

É quando fico adoentada que enjoo o tabaco.

Na semana passada tive uns dias menos bons. Mais uma vez enjoei o tabaco. Sempre que deixei de fumar, foi por consequência de estar doente e enjoar o tabaco. Às vezes enjoo um dia ou dois, já aconteceu parar os tais vinte e dois meses, agora não fumo à uma semana e um dia. É isto. É quase caso para dizer fica lá doente que só te faz bem. Mas não obrigadinha. É até ver. Ou apetecer. E o fim-de-semana está aí.

Desafio 52 semanas | Semana 18/52

 

Semana 16: Sinto saudades...

De tanta coisa...

Família - Há família que não vejo algum tempo e que bate uma saudade cá dentro que não dá sequer para explicar. O abraço do meu pikeno dá uma saudade!!!

Casa da avó - De me sentar no banco da cozinha, naquele chão de cimento e ouvir as partilhas da avó enquanto comia aquelas espigas de milho assado que me dava, que até hoje só de me lembrar me babo. Ai que saudade!

Do meu melhor amigo - Há coisas que não se explicam e há amizades que são de vida, da vida, dão vida. Tenho saudades desta amizade.

Ter a "guarda" baixa - É difícil de explicar. Há sorrisos que não se recuperam. E não é por querer voltar aquele tempo, longe disso. É aquela saudade do que via ao espelho a maior parte dos dias e do que sentia cá dentro. Às vezes sinto saudade. "Saudade é não querer saber. Não querer saber se ele está com outra, se ela está feliz, se ele está mais magro, se ela está mais bela. Saudade é nunca mais querer saber de quem se ama, e ainda assim, doer". Porque nós somos feitos de quem passa por nós, de quem vai e de quem fica.

WP_001591.jpg

Madeira - Por mil e muitíssimas razões. Que saudade.

De quem já não está - Inevitavelmente. Sabendo que a vida é isto mesmo. Há pessoas que me fazem uma falta do caraças e me dão uma saudade inexplicável e um aperto bem lá no peito...

#52semanas

E para vocês, de que sentem saudades?

Pág. 1/3

SorrisoIncógnito

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência! Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das minhas as quais identifico. Do mesmo modo, este blog respeita os direitos de autor,mas em caso de violação dos mesmos, agradeço ser notificada.