Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

Nasceu!

Há um tempo atrás, comentei aqui de como uma notícia me fez sentir grande. Deixou-me cheia de ciscos nos olhos e me demonstrou que há amizades que valem mesmo a pena.

Essa notícia hoje ainda me emocionou mais. Foi surpresa. Nasceu. Nasceu hoje a minha afilhada. E como eu estou ansiosa por a conhecer.

Como fiquei feliz! ♥

Não é fácil.

tudo menos ciscos nos olhos. não tens tempo para isso. e à frente dos outros nem pensar. respiras trezentas e noventa e oito vezes, piscando os olhos enquanto intercalas com um arregalar dos mesmos. não há cá hipóteses para choradeiras. não podes. ou melhor, não queres.

nunca achei que nada fosse fácil. mas há momentos que são particularmente difíceis, principalmente aqueles mais complicados de serem aceites. não gosto que tirem pedaços de mim. e tu negas até te confrontares com a realidade. até as pernas estremecerem e o impacto passar de fininho. mas ninguém te pode ajudar. só tu mesma. e tu sabes que vais chegar lá. mesmo que a passos pequenos. vais chegar. interiorizas.

houve um suspiro. bastou. tudo foi muito mais que ciscos nos olhos. às vezes uma pessoa não aguenta. não pode. mesmo sendo forte.

Faceweek*

IMG_20160330_113610.jpg

 

Os dias continuam incertos. Uns dias sol, noutros chuva. Ou até no mesmo dia que foi o caso da primeira foto, um dia em que ora era sol, ora só dava chuva. E assim andamos todos meio atrofiados, como não?!

Dois looks que usei. Gosto muito de usar camisas desapertadas como se fossem casacos. No primeiro look, usei uma camisa de ganga por cima de um vestido preto e gostei muito do resultado, no segundo look, usei uma camisa que comprei agora, com um padrão de azul, branco e vermelho que usei por cima de um vestido azul. Às vezes uma peça é versátil e é sempre uma boa opção fazer conjuntos diferentes com a mesma peça.

Duas manicures usadas. Uma em tons rosa a lembrar o verão que adoro e a outra num tom azul muita gira também. Uma pausa de almoço ao sol a saborear uns bons morangos que adoro. Um trench-coat que me foi oferecido e que gostei muito, tanto do modelo simples e já parecido com um que tenho em tons bege mas desta vez em tom bordeaux. Foi Páscoa e não faltaram doces pelos quais não me perco mas gosto muito de comer pão-de-ló com queijo, ou umas fatias de presunto. O ultimo look (não muito visível) foi o do domingo de Páscoa. Um casaco preto que comprei à pouco e um vestido vermelho que tinha comprado dias antes. O vestido é normal, simples, básico, do estilo justo até ao joelho com manga a 3/4. Adorei por ser tão simples e ao mesmo tempo, apesar de negar usa-lo quase até o vestir, adorei e senti-me super bem. Aliás eu que vario muito nos vestidos pretos, chego a dizer que este ficou lá perto. É um vestido que chama mais a atenção por ser vermelho e por isso depois de o comprar quase me arrependi, mas valeu a pena por me sentir bem com ele. Daqueles dias que uma pessoa olha ao espelho e diz "Hoje sim, estás top" para mim foi isso, vejam só que até me arrisquei a usar um batom com cor avermelhada. Podem acreditar.

Mais pelo Facebook. Ou pelo Instagram - @sorrisoincognito

Do zero!

insta_oportunidade.jpg

Há alturas que decides que o melhor é não pensar, deixar andar. Não vais cair na preocupação de passar os dias a tentar encontrar respostas, ou melhores caminhos, outras direcções. Sentes que não estás acomodada, mas a necessidade de virar aquilo do avesso e começar do zero também não é a opção.

Os dias acabam inevitavelmente por irem passando muitas vezes com uma pressa que nem lhe damos conta. Por consequência as coisas vão mudando, as pessoas, os objectivos e a leveza. Não sentes menos, descomplicas apenas e dás mais um passo. Se calhar acabas por acalmar o coração nesse entretanto que foi passando e que nem lhe deste atenção.

Agora paras e observas que, há restos dos quais tu não precisas, não te estão a acrescentar apenas foram ficando ao sabor do vento. Há pedaços perdidos, que têm que ser inevitavelmente postos no lugar. Naquele lugar ao qual já não se pertence e deixá-los lá.

A vida vai ensinar-te que aquilo que hoje te custa, é apenas uma maneira de aprender a valorizar que sempre que fechas a janela devido à brisa, os pedaços que guardas fazem remoinho e estragos.

Se calhar está mais do que na altura de deixares a brisa entrar, livrares-te dos pedaços e abrires a porta. De virares a vida do avesso e começar do zero. Porque todo o fim tem um novo recomeço. Porque toda a história nova só espera uma oportunidade.

Inspira e expira. É uma boa altura para renascer. Do zero.

[ ♥ ]

Desafio 52 semanas | Semana 11/52

 

Semana 11: Os meus brinquedos favoritos na infância eram...

 

Bonecos Chorões - Nos anos 80 haviam uns bonecos chorões, grandes que eu adorava, tive alguns, inevitavelmente acabavam sempre da mesma maneira, sem cabeça. Fruto do meu irmão se vingar das coisas que eu lhe fazia.

Legos - Perdia-se horas naquilo.

Monopólio - Jogar monopólio significava juntar os vizinhos e ficarmos até às tantas naquilo. Ora na casa de um de nós, ora nos passeios na rua. Mais que o jogo era o convívio que fazíamos e isso não tem preço.

Nenuco - Ainda mora lá em casa, o Nenuco loiro de olho azul. Anda tenho a "sobrinha" que gosta de ir para lá brincar com ele. E ele traz-me lembranças óptimas.

Carrinhos - Sempre fui uma Maria rapaz e gostava de brincar com os carros do meu irmão muito mais que com as barbies e as outras bonecas. Gostava especialmente de uns que mudavam de cor com a temperatura, então eu escondia-os no congelador/arca.

Bola - Inevitavelmente, tudo o que tivesse uma bola eu parava no tempo, Ora jogar futebol, ora jogar basquetebol, ora jogar ténis, ora jogar voleibol.

#52semanas

E vocês, com o que brincavam mais que vos dê uma saudade só de falar?

A Rita Pereira é que sabe 2

Muitos foram os que concordaram comigo que a bonita Rita Pereira tem olho para a coisa e anda a "pisar" um pedaço de mau caminho. Foi de férias e ou já acabaram ou parece que estão a acabar, até eu, com esta pontinha de inveja que estou daquele lugar paradisíaco vou ter pena de  consolar as vistinhas, vejam só a paisagem...

lal1.JPG

Espreitai comigo. A Rita também continua muito bem. E o lugar é irresistível.

#MariaTexuga

 

As aventuras #Mariatexuga continuam em dose alta. Lamento informar mas diminuição de peso zero. E não tenho faltado às aulas, só mesmo quando valores mais altos aparecem e preguiça não é motivo.

No entanto há uma coisa que me faria querer entrar já a seguir no ginásio, onde tenho aulas não há. Jump. Adorava experimentar. Acredito que para não voltar uma segunda vez, que aquilo não parece nada fácil de coordenar (para não falar na dor de pernas que deve dar), mas cada vez que vejo um vídeo de Jump imagino-me lá a fazer umas figuras tão parvas que era capaz de pensar duas vezes em voltar ou não.

Sinto que seria no máximo como a terceira do lado direito no vídeo. E já não era muito mau.

Pág. 1/5

SorrisoIncógnito

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência! Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das minhas as quais identifico. Do mesmo modo, este blog respeita os direitos de autor,mas em caso de violação dos mesmos, agradeço ser notificada.