Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

Vale a pena parar e pensar, o quanto vale uma amizade?

Nunca é demais agradecer a quem está a nosso lado. E eu gosto dos que estão e agradeço-lhes por isso. Gostar, gosto dos meus Amigos que me chamam, que me puxam pelo braço quando digo que não me apetece só porque estou a precisar de um empurrão. Gosto daqueles que me ligam do nada a perguntar como estou ou a contar que conheceram o amor da sua vida. Gosto daqueles que me reconhecem sempre o valor. Que não têm horários para a amizade nem temperamentos. Gosto daqueles amigos que sorriem comigo e que quando choro dizem “pára com essa merd@ que não mereces, mas eu estou aqui”. Gosto dos amigos que têm espaço na vida deles para nós, naqueles momentos menos bons mas muito mais nos bons. Gosto dos que percebem as nossas piadas, dos que nos tiram os melhores sorrisos, daqueles que nos deixam com dor nas queixadas e na barriga de tanto nos rirmos. Gosto de pessoas que valorizam realmente a Amizade. Que não fazem dela uma imposição mas um acessório dos passos do dia-a-dia. Gosto daqueles cuja distância é um mero acaso da vida mas que não altera o padrão da amizade só porque não estamos todos os dias, ou todas as semanas, ou uma vez por mês que seja. Gosto daqueles amigos que não estamos fisicamente juntos há anos, mas que quando nos encontramos há um abraço. Aquele abraço sabem? Gosto de amigos que não nos julgam nos erros, mas que ajudam a que se perceba que erramos. Gosto de amigos que me fazem sair para tomar café mas que vai na volta é quase manhã quando chegamos a casa. Gosto daqueles amigos que não concordamos sempre mas que sabemos ouvir e vice-versa. Gosto especialmente daqueles que me ajudam a ver sempre o copo meio cheio, que atrás de uma montanha está outra maior e que a vida apesar dos pesares faz sentido com pessoas a nosso lado. Amigos, não muitos, mas bons. Daqueles que “oh pá são mesmo fixes”.

Um OBRIGADA a esses, porque são esses que me dão vida!

Vale ou não vale MUITO uma Amizade?

Não sou uma fashion blogger, nem de longe nem de perto, muito menos a beber.

Gin é a bebida in. Da moda. Do momento.

Não gosto de Gin. Ah e coisa e tal, não gosto. Ah mas está na moda, os copos são giros, o efeito visual bonito... Não. Não bebo Gin.

Mas mandem vir licor beirão, caipirão, caipi Black, vodka preta com 7Up, um tinto maduro. Fico bem. Em exagero posso rir mais do que devo, mas Gin não. Obrigada.

Das férias. Trago um coração cheio de vida. E muito sono na mala. ♥

As minhas férias correram bem, quando tinham tudo para correr mal. Antes de ir até que falei nisso, às vezes ainda acho que prevejo coisas. As pragazinhas são uma cena que me assiste, felizmente também me assiste uma força maior que elas. Começando por dizer que o meu carro que tinha estado na oficina nesse dia, avariou a caminho do aeroporto. E que faltavam 40 minutos para a porta fechar estava eu ainda a cerca 60 quilómetros. Não foi fácil, mas não me deixei ir abaixo com a cena do “vou perder o avião”. Preferi insistir no “vou apanhar aquele avião” e sim consegui chegar à porta do aeroporto cinco minutos antes da porta fechar. Aquilo foi sempre a correr e quase só respirei quando desci as escadas e vi a porta de embarque ainda aberta com cerca de meia dúzia de pessoas à minha frente. As minhas férias começavam ali. Depois de um quase ataque de coração estava pronta para o que viesse. Do outro lado estava a minha melhor amiga à espera que eu aterrasse em terras algarvias para começar uma semana de férias (depois da minha quase perda de avião até ela ficou meia à nora que me deixou lá especada à espera).

Quando chegou e já a caminho de casa parou no Macdrive para eu emborcar um double cheeseburger e foi aí que percebi que além de estar a “chegar” a uma semana de dolce far niente seria também uma semana de comer à la #MariaTexuga (e não me enganei nadinha!).

al1.jpg

Para já ficam algumas imagens da praia. Andei mais pela praia de Monte Gordo e na praia do Cabeço - Castro Marim. Tenho a dizer que a água estava óptima e quando não parecia era porque a temperatura do corpo é que estava demasiado alta. Apanhei muito bom tempo, temperaturas bem altas logo as idas à praia durante o dia foram seleccionadas para o fim da tarde, quase sempre chegava à praia depois das cinco e ficávamos até bem tarde. De manhã como nunca consegui ir muito cedo ficávamos pouco tempo, porque a hora do almoço era insuportável lá parar. Houve um dia que almoçamos ali mesmo na praia porque estava o tempo farrusco e deu para aguentar mais qualquer coisa, até que quando estávamos a almoçar começaram umas pingas e assim se manteve o dia (e único sem sol) mas que nos fez andar ali pela praia mais um pouco. Comi a minha parte nas bolas de berlim com creme (tãooo boas) e também houve cerveja e tremoço na praia. Uma pessoa não deixa ficar por menos. Na praia de Monte Gordo na zona onde estão os barcos de pescadores há um restaurante/tasquinha (não me lembro do nome) que sem dúvida aconselho. Peixe bem fresquinho e a preços simpáticos. Apanhei também das melhores noites no Algarve, temperaturas espectaculares para se curtir a noite.

Isso ficará para outro post. As borgas, as jantaradas, os sorrisos... Coisas que me encheram o coração e o estômago.

Cristina Ferreira, o vestido, as modas e os gostos. Ou então como - Não sou uma fashion blogger, nem de longe nem de perto, muito menos em moda.

As pessoas têm um poder incrível de criticar (negativamente). Porque sim e porque sim. Tudo e todos. Gostam de seguir modas, mas se alguém vem e diz que aquilo não presta eles vão na onda. Assim como podem olhar e detestar mas se alguém vem e diz que isto é que é fixe, vão na onda. Tal e qual e o seguir modas, é seguir a opinião dos outros. Há muitos e  muitos assim. Felizmente há excepções. Felizmente.

Estava eu de férias, mas o alvoroço foi tanto que fiquei a par da polémica cor-de-rosa do momento. Foi o vestido que a Cristina Ferreira usou na festa de verão da TVI. Choveram criticas à apresentadora sobre o vestido que levou na festa no entanto sabe-se agora por essas mesmas fontes cor-de-rosa que o dito cujo já esgotou. E até aposto que os que primeiro criticaram também o foram comprar, adiante. A verdade é esta. Quem gosta de criticar vai sempre criticar, mesmo que depois vá seguir os mesmos passos de quem criticou. Assim como aquele vestido usado por uma desconhecida qualquer vendia um ou outro, mas como foi usado por uma Cristina Ferreira compra-se. É giro. Quase a mesma situação do perfume dela (e com isto não querendo dizer que é bom ou mau) que levou a estar esgotado vezes seguidas e ser um produto da LR mais vendido que quase de certeza quem comprou não antes tinha comprado na revista LR e mais, ouso até dizer que, provavelmente, a maior parte de quem o comprou já antes tinha dito "os perfumes dessas revistas não valem nada". É o poder da imagem que cada um tem.

Eu não gostei do vestido que a Cristina levou. Uma festa de verão quer-se uma coisa mais leve e o vestido dela a começar pelas mangas compridas era tudo menos leve. Mas essa é a minha opinião que vale o que vale e que todos sabem - Não sou e nunca serei uma fashion blogger muito menos em moda.

Um segredo.

Tive saudades deste cantinho. Claro. Não foi esquecido, mas foi posto para segundo plano para curtir mesmo as férias. Até tinha uns posts agendados, mas não publiquei. Não tem piada. Não era o que estava a sentir ou a pensar naquela altura. E isto é muito eu. Voltei. Já tenho os pés assentes no Norte. E actualizo tudo assim que possa. Tenho algumas fotografias para partilhar, muitas aventuras, muitas gargalhadas. Trago um coração cheio de vida. E muito sono na mala. Mas isto está um caos. Hoje não é um dia fácil. Nunca foi.

Bom dia de férias!

FB_IMG_1437007649683.jpg

Sendo que, estando eu de férias e a primeira coisa que fiz quando o avião aterrou foi passar no macdrive para comer um menu de double cheeseburger, a partir daí tem sido o descalabro total. Acreditem. Isto é emborcar à fartazana. Tudo muito à moda #MariaTexuga. Ando nas minhas "quintas". É desta que começo a rebolar.

Pág. 1/3

SorrisoIncógnito

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência! Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das minhas as quais identifico. Do mesmo modo, este blog respeita os direitos de autor,mas em caso de violação dos mesmos, agradeço ser notificada.