Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

Do ser grande. James

Os James estão em Portugal para dois concertos. Hoje no pavilhão Multiusos de Guimarães, amanhã no Meo Arena em Lisboa. Ontem fizeram uma "surpresa" ao Porto e na Estação de S. Bento protagonizaram um momento único. Quem me dera lá ter estado porque ter assim um pequeno concerto, à borla, num cenário brutal e sendo eles quem são, não é todos os dias.

Podem ver um vídeo obrigatório que circula no facebook com já cerca de 157 mil visualizações. Ou fiquem com este a seguir que traduz igualmente o que lá aconteceu.

 

Tim Booth és o maior.

Em 2012 quando os vi no Rock in Rio apaixonei-me. O concerto que deram na altura foi brutal. Nesse ano tive ainda para mais a sorte de ficar hospedada no mesmo hotel que eles. Além da fotografia que tiramos em que o Tim foi super simpático, toda a banda o era. Sempre que os encontrávamos no hotel reinava a boa disposição e à noite à porta do hotel sempre ficavam na galhofa a dar uns acordes e a cantar umas músicas.

Acredito que quem teve a sorte de assistir ontem em S. Bento tenha sido uma experiência única.

Liga dos Campeões

Finda esta ultima jornada da Liga dos Campeões. Quero dar os Parabéns ao [meu] Porto e ao Sporting. Infelizmente e com um horário pouco amigo de quem trabalha, o Porto jogou às cinco da tarde na Bielorrússia. Nada a fazer, não consegui ver o jogo, mas perdi-me entre o trabalho e o relato. Aquilo lá começou gelado, com cerca de seis graus negativos e com o Porto a não fazer grande coisa nos primeiros 45 minutos. Depois na segunda parte Herrera quebrou o golo com um bom golo e depois seguiram-se mais dois. Jackson e quase no final da partida Tello. Não posso falar muito do jogo pois não vi e ouvir é outra coisa. No entanto o [meu] Porto está a fazer uma caminhada fantástica nesta fase de grupos, acabando esta jornada em primeiro lugar do grupo sem derrotas. Parabéns!

Quanto ao Sporting lamento o sucedido com a iluminação do estádio o que fez o jogo estar parado imenso tempo mas nem assim conseguiu fazer com que a equipa do Sporting não fizesse um óptimo trabalho. Muita garra vi nesta equipa. Especial atenção para Nani. Porra ele está muito bem. Faz ver que a experiência pesa mas as pernas ainda aguentam. Fez um golo fantástico.

Benfica teve ontem com o Zenit o jogo do tudo ou nada. Ficou pelo nada. Nem liga Europa? Não.

Jogo para a Liga dos Campeões, 5ªjornada: Bate Borisov 0 x 3 FCPorto

Não sou uma fashion blogger, nem de longe nem de perto, muito menos em maquilhagem.

Um dia destes senti-me uma peça de antiguidade. Fui a uma loja onde trabalha uma amiga. Mal me viu entrar disse que me queria mostrar uma coisa. Lá vem ela com uma revista de produtos de venda por catálogo. Entusiasmadíssima com que eu lhe comprasse alguma coisa. Estava então no balcão a dar uma vista de olhos na revista e digo-lhe eu "sabes comigo nisto não terás muita sorte, não uso nada disto". – "Não?" Pergunta ela.

E eu continuo… não. Não uso praticamente maquilhagem nenhuma. Raríssimo usar. Posso adiantar-te que em casa não tenho uma única caixa de sombras, não tenho batons, não uso, salvo de cieiro e um gloss de século em século. Não tenho anti-olheiras. Não tem blush. Tenho um rímel que com certeza a esta hora deve estar cheio e seco. E tenho um lápis preto que é talvez a única coisa que goste de usar. Uso também de vez em quando base no rosto. Tudo o resto nada. E confesso há muitas coisas a nível de maquilhagem que nem sei para que servem muito menos como aplicar.

E foi nesse preciso momento que sinto a outra colega a revirar a cabeça para ver quem dizia tal barbaridade. E ficamos ali as três em frente ao balcão. Elas com cara de “mas que mulher é esta”, eu a sentir que estava a deitar a bomba.

Não tenho nada contra quem usa. Aliás há mulheres que sabem maquilhar-se muito bem. Quanto a mim, não acho que seja isso que vá fazer de mim mais ou menos mulher.

O SNS nos Centros de Saúde.

A Serviço Nacional de Saúde está do jeito que está e nem vale a pena bater no ceguinho que não vai ver mais por isso. Mas há coisas que me tiram do sério. E primeiro tenho a dizer que pelo que já ouvi estou muito bem servida, porque por esses caminhos fora, a nível de centros de saúde, há muita gente a quilómetros de um e sem médico de família. Pessoas que vão fazer fila às 2/3 horas da manhã para arranjarem uma vaga e pessoas que andam nisto tempos infinitos até conseguirem.

Em que medida é que estou bem servida?

Ora já não é a primeira vez que tendo consulta marcada para as 9:30/10 horas o senhor Doutor só me atende por volta do meio-dia a passar e quem se lixa? Eu. Eu que perco meio-dia de trabalho, perco tempo, paciência e ganho cabelos brancos pela espera. Mas ainda ouço “olha que podia ser pior”.

Hoje, que também não foi a primeira vez, tinha consulta marcada para as 11:45h. Consulta que tem vindo a ser adiada por um sem número de coisas que me são alheias e puff calhou hoje. Calhou não, calhava. Porque passavam dez minutos das onze recebo um telefonema do centro de saúde:

- Já está a chegar?

- Não. Ainda estou no trabalho, mas vou já sair. A consulta é às 11:45h certo?

- Certo. Quer dizer não. O senhor Doutor adiantou-se e já não vem a tempo.

- Não vou a tempo? Sim sim chego aí ainda a horas.

- Não é isso, não vem a tempo porque ele como se adiantou tem que sair.

Caraças pá, como me dá urticária pessoas que acham que podem tudo. E pessoas que se habituam ao “podia ser pior”.

Pág. 1/3

SorrisoIncógnito

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência! Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das minhas as quais identifico. Do mesmo modo, este blog respeita os direitos de autor,mas em caso de violação dos mesmos, agradeço ser notificada.