Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

"O Tempo perguntou ao tempo quanto tempo o tempo tem, o Tempo respondeu ao tempo que o tempo tem tanto tempo quanto tempo o tempo tem."

No copo vazio começa a cair o tinto maduro que tanto gostas e no prato servem-te um arroz de tamboril com gambas divinal. Olhas à tua volta e tens uma parte do que te faz feliz. Sabes que já estiveste com outra parte e sabes que vais fazer para estar com o que falta. Sentes as gargalhadas e no silêncio que te envolve lembras quem não está e podia estar. Lembras que continua a ser assim, sentes que te preenchem o coração mas que ele não está preenchido. Sentes que te acompanham mas que se sente a ausência. Vais rir sempre com a certeza que o sorriso podia ser melhor. Vão elogiar-te e tu vais desejar que o elogio viesse de outro lado. Vão abraçar-te e tu vais desejar O abraço. Vais olhar os rostos e vais imaginar o rosto, o toque, as borboletas a atropelarem-se.

Ainda é o tempo que, lá dentro precisas de tempo.

[ ♥ ]

“A Hora do Diabo”

Há realmente horas do diabo, aquelas em que se cometem loucuras, aquelas em que se testam limites, aquelas em que acreditamos ter que ser. Há realmente horas do diabo, aquelas que muitas vezes “nem ao diabo lembra”.

Ontem fiquei assim um tanto ao quanto estupefacta com a reconstituição que a tvi fez do ritual de uma praxe, pelos vistos, inspirada na “Hora do Diabo” de Fernando Pessoa e em que simboliza levar a ignorância para o mar, a passagem das trevas para a luz.

Pelos vistos, o ritual, leva os praxados a irem até à beira mar, à noite, onde alinhados, de olhos vendados surgem de costas para o mar, e então quem manda naquela merda toda é o, claro está, Dux que de frente para eles e para o mar, mais retirado, vai dizendo uma série de babujeiras e perguntas às quais os praxados têm de responder, ao que parece quem erra dá um passo atrás, estando cada vez mais perto do mar, de costas e também consta-se que podem estar de pés atados. E o ritual segue-se com muitas mais merdices que, penso eu, nem ao diabo lembra.

Isto tudo consta-se, pelos vistos, sim até podem fazer-se suposições, até podemos estar errados, mas sempre ouvi dizer, onde há fogo há fumaça, e que as praxes, sabemos todos nós têm o que se lhes diga tem.

Agora pensando que tudo isto é verdade, quem é a alma, que à noite se assujeita a abeirar-se do mar, de costas e olhos tapados? Quem é a alma que assujeita outros a esta ideia parva e fica a ver? Quem é a alma que aprova rituais destes, que, nem consigo perceber que prazer lhes pode dar?

Dos saldos.

Os saldos chegaram logo ali depois do Natal. E eu gosto de antes ir e ver bem o que compensa comprar antes do Natal ou que vale a pena esperar e ver se se tem a sorte de ainda existir depois do Natal a um preço bem mais convidativo. Às vezes tem-se sorte outras vai na volta o artigo que gostavas ou desaparece ou a diferença de preços não te enche as medidas. Este ano, antes mesmo de m meter a ir dar uma vista de olhos aos saldos apercebi-me (a blogosfera ajudou com a divulgação) que os saldos andavam loucos, ou com descontos de miséria ou com valores acima do que custavam antes, isto sim a loucura dos saldos. Já se sabe nesta coisa é preciso andar de olho aberto que o que não faltam por aí são chico espertos. Não me perdi com os saldos mas consegui trazer para casa umas peças, incluindo dois vestidos que ia comprar antes de Natal e acabei por não o fazer (e ainda bem) onde pude poupar 48,92€ pelas peças em saldo. Assim sim, valeu a pena.

Estou de sorriso no rosto!

Hoje é a segunda parte do meu aniversário. Primeiro, no dia, com os meus ali em casa. Hoje com os meus amigos. Jantarada. O que me deixa feliz? Que no meu grupo de amigas, a maior parte com bebés pequenos ou ainda grávidas, não me disseram que não, apenas quiseram saber a hora. E terei comigo aqueles que sempre estiveram. Cada um com a sua importância mas que dão significado aquela palavra, amizade. E eu sou uma sentimentalista do pior. E ter amigos assim é ter ciscos nos olhos muitas vezes. E momentos bons para lembrar. Que hoje seja mais um.

Aos 30!

Foi um bom dia. Não senti diferença de um dia para o outro mesmo que ontem me lembrassem a toda a hora o patamar a que cheguei. E cheguei bem. E espero sim que seja um bom ano para mim.

Este foi o traje escolhido para o dia e os meus bolos de aniversário (já tinha mostrado no facebook), sim não tive direito a um, mas sim dois bolos. Quer dizer três, porque ainda houve um caseirinho de ananás feito pela melhor mãe do mundo!

Agradeço de coração a todos pelas mensagens, tanto no blog, como email e facebook.

Cá beijinho, abraços e (lema de sempre) sorrisos, é que se for para ter rugas que seja de tanto sorrir!

Pág. 1/5

SorrisoIncógnito

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência! Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das minhas as quais identifico. Do mesmo modo, este blog respeita os direitos de autor,mas em caso de violação dos mesmos, agradeço ser notificada.