Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

My little love.

Um dia irás perceber o que realmente é a distância e o porquê de em dias como o de hoje não me conseguir conter quando chamo por ti e quando me falas via msn. Um dia saberás que a palavra saudade foi das coisas mais sentidas na vida. Um dia saberás que te amo muito, mais que tudo e que te quero o melhor. Um dia entenderás que as pessoas que se amam nem sempre podem estar juntas fisicamente, mas que todos os dias te trago no coração e no pensamento.

Amo-te muito meu pikeno. Parabéns!

Ai calor, calor!

É nestas alturas que me dá um gozo especial ir almoçar a casa. Com os 36ºC que marcavam, chegar a casa, antes mesmo de entrar tirar os saltos e caminhar com os pés descalços corredor adentro enquanto tirava o vestido. E assim estar à vontade e leve nem que seja por uns minutos, enquanto almoço, tomo café e volto a arranjar-me como se ali começasse um novo dia de trabalho. 

Bom dia!

Quem me conhece e já partilhou as manhãs comigo, sabe que raramente acordo mal disposta, mas quando eu digo que acordo bem disposta, é porque essa minha disposição de enfrentar o Mundo é brutal. Gosto destes dias de verão, de dormir com a janela aberta e acordar com as cortinas a fazerem-me cócegas nos pés. Gosto de olhar à janela e ter um céu azul lindo lindo. Gosto de olhar no espelho e ver que mesmo antes de lavar a cara o meu sorriso já lá está. Gosto de sair do quarto e dar de caras com o sorriso de quem me quer bem, amo. Gosto de tomar o café olhando para o Douro. Gosto de não ter tempo a perder para sair de casa. Gosto de pegar num vestido e me calçar na varanda com a brisa que corre. Gosto de entrar no carro e bater uma música animada (hoje foi esta). Gosto de ter motivos de manhã para sair de casa. Gosto do verão, gosto de mim em manhãs de verão. Gosto de acordar a querer enfrentar o Mundo, mesmo que não seja para vencê-lo seja para VIVER e não apenas sobreviver...  

RiP

Bem, isto de nos desconectarmos de qualquer veia noticiosa tem como resultado ser dos últimos a saber das coisas. Então a Amy partiu mesmo. Ontem em pleno casório alguém disse "- Recebi uma mensagem, a Amy morreu". Pois sim. Foi coisa do momento, tipo a sério, ou será falsa notícia? Mas a coisa passou, só agora que voltei a pôr os pés no chão e que o meu mundo gira mais calmamente é que vi as ultimas notícias. A Amy tem músicas fantásticas, mas ali era um talento muito maior que o franzininho corpo de 27 anos, que aparentada uns quantos mais... A vida que levava era envolta em dependências que se a curto prazo não levassem outro rumo teriam este final, que teve. O dinheiro, a fama e o sucesso não são sinónimo de maturidade, juízo, pés assentes na terra e imortalidade. Uma pena, lamenta-se. E vícios, esses que todos estamos sujeitos a ter, desgraçam a vida de qualquer um. Drogas e álcool dão um fim trágico a todos aqueles que se apaixonam por eles, os que mais dinheiro têm, apenas morrem do amor mais precocemente.

RiP Amy Winehouse!

Pág. 1/4

SorrisoIncógnito

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência! Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das minhas as quais identifico. Do mesmo modo, este blog respeita os direitos de autor,mas em caso de violação dos mesmos, agradeço ser notificada.