Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

SorrisoIncógnito

Todo o sorriso é apaixonante devido ao incógnito que o ofusca! SORRIR_um estado de espírito...

Eu já disse que adoro, A-D-O-R-O

o Alejandro Sanz? Minha nossa. Sabem aqueles anos de pitas de posters, autocolantes, cds... whatever de um gajo famoso qualquer? Pois bem, não tive nada disso, só suspirava por ouvir Alejandro. E quando me ofereceram o cd do Corazon Partio como chorei. Juro. E pronto é isto, volta e meia sinto uma necessidade de o ouvir a sussurrar aquelas palavras ao meu ouvido e arrepio-me da cabeça aos pés e choro e suspiro, por cada palavra, pela pessoa que me lembra, pelo passado tão bom que ficou lá trás e que marca o meu presente. Pelos anos que passaram, pelo sentimento que carrega, pelas recordações... pelo Espanhol. Não digo isto com tristeza, digo com uma saudade boa (se é que existe). De bons tempos, de bons momentos. De uma boa idade. 

De cortar o coração

Simplesmente isso.

Fiquei a saber da história do Paulinho através do blog da Pipoca dos Saltos altos e há coisas que nos deixam sem palavras. O virar da página acontece a cada segundo, num abrir e fechar de olhos, amanhã a uns, depois a outros, num instante a nós. É a vida...

"(...)Os pais não deveriam enterrar filhos (...)"

Constatação *30* Do sexo.

Que o sexo não é tudo numa relação, toda a gente sabe, mas que é um complemento essencial toda a gente (deveria) concorda(r). E há por aí muita falta dele nas relações devido à falta de diálogo. Em contra-partida há um aumento das "one night stand" devido ao facto de não quererem diálogos.

Nos dias de hoje, ainda não consigo entender o não à vontade que se está em relação a este assunto e como há casais que mantêm uma relação, com tantos tabus.

Noite de emoções.

Hoje vai ser assim. Pelo menos é o que estou à espera. Vai ser muito riso e muito choro. Vai ser girls night em casa de uma delas. Hoje vai ser para pôr conversa em dia, para dar boas gargalhadas como só as conversas de mulheres dão. Vamos ver o filme de casamento da minha amiga que ainda não tivemos oportunidade para nos juntar. Oportunidade e também porque se calhar veio adiando-se algo que sabemos que ao tocar ainda é recente e faz doer. O dia "D" da minha amiga, foi do melhor, mas aconteceu numa altura de acontecimentos maus, os quais vão ser sempre assim lembrados. O B. era irmão dela e tudo aconteceu três dias depois do casamento, ou seja, sabemos que tem sido uma fase boa para ela como nova vida, mas de muito sofrimento também. Ela ainda não conseguiu ultrapassar muita coisa,  dois minutos de conversa e apercebemos-nos facilmente disso. Vamos tocar num dia em que pela ultima vez, todos estivemos juntos, um dia super feliz, em que todos de sorriso no rosto partilhamos um momento inesquecível. E hoje, eu sei que de sorriso no rosto e de cara lavada em lágrimas (sim porque sou uma lamechas do pior) vou-me lembrar da ultima vez que estive com ele, das nossas ultimas palavras e das primeiras que a ti, minha amiga, disse como casada.

Pág. 1/5

SorrisoIncógnito

É proibida a reprodução parcial/total de textos deste blog, sem a indicação expressa da autoria e proveniência! Todas as imagens aqui visualizadas são retiradas da internet, com a excepção das minhas as quais identifico. Do mesmo modo, este blog respeita os direitos de autor,mas em caso de violação dos mesmos, agradeço ser notificada.